HomeDiagramsDatabaseMapsForum About
     

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Regiões Metropolitanas Mundiais


Reply

 
Thread Tools Display Modes
     
     
  #281  
Old Posted Mar 26, 2013, 4:06 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 23,730
Quote:
Originally Posted by Jota Ferro View Post
Não Pesquisa o desenho só mostra a área de APP ao longo do corrego ali em Águas Claras.

Mas vejam que labirinto, que pesadelo urbanístico, com um monte de ruas fechadas e pouquíssimas passagens ligando a EPTG e a Estrutural.

Tbm não vejo nenhuma previsão de alargamentos de pistas nem nada, vai continuar um favelão de classe média (que ai de moradores pobres tem muito pouco).

As área em vermelho com certeza serão áreas para equipamentos urbanos.

Bobagem essa briga de Taguatinga pelo Taguaparque, isso aqui não são municipios onde os impostos são arrecadados em um lugar e tem que ser gastos neste. Nem pouca diferença se o Taguaparque pertence a Vicente Pires ou Taguá, para o GDF são só bairros de brasília.
Concordo contigo, no mínimo, o VP deveria ter 5 avenidas ligando a Estrutural com a EPTG. E todas com viadutos. Mas fazer o que né, invadiram e ganharam no grito o direito de habitar ali.
Reply With Quote
     
     
  #282  
Old Posted Mar 26, 2013, 5:47 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,472
Quote:
Originally Posted by MAMUTE View Post
Achei uma imagem do projeto urbanístico de Vicente Pires, imagem mal detalhada mas já da pra ter uma noção...


Por essa imagem vemos que terá um viaduto ligando a AV Hélio Prates ao Vicente Pires, agora se vai ser executado é outra história

Se o projeto de uma pista extra da Estrutural sair, no projeto tem dois viadutos ligando a marginal que será feita do outro lado a marginal do Vicente Pires, desse jeito:



Vai demorar muito...
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #283  
Old Posted Mar 26, 2013, 6:12 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 23,730
O DER deveria tomar vergonha e iniciar a construção dessas marginais desde a divisa com Águas Lindas de Goiás até o viaduto Airton Senna. Daria um grande alivio na estrada parque ceilândia. Agora que o GDF for mexer no Colorado e na ponte do Bragueto, primeiramente, construia as vias marginais, para assim depois mexer nas vias existentes. Irá ganhar muito tempo e os transtornos serão reduzidos. Pois depois que as marginais estiverem prontas, Aí sim, se pensa mexer nas vias existentes para construção de alças viárias e viadutos. Agora querer mexer em tudo ao mesmo tempo, a região irá virar um caos. Aí que o povo do Lago Norte tem um piti.
Reply With Quote
     
     
  #284  
Old Posted Mar 27, 2013, 9:53 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 23,730
União doa ao GDF terras do Riacho Fundo II e da Vila Basevi

A Ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior, assina portaria nesta quarta-feira (27), repassando ao GDF as terras do Riacho Fundo II e da Vila Basevi, em Sobradinho. A portaria será assinada no Salão Nobre do Palácio do Buriti, às 17h. O ato será aberto à imprensa. No Riacho Fundo II, o total de terras doadas pela União ao GDF é de 130 hectares. Lá, moram há 18 anos 5,3 mil famílias que fizeram parte de programas de assentamento do governo. Elas não pagarão pelos lotes, justamente porque são oriundas desses programas, mas terão que pagar pelas escrituras dos terrenos. Pelo Mutirão das Escrituras, que faz parte do programa Regularizou é seu!, o documento custa R$ 197,74, cerca de 15% do total do valor cobrado pelos cartórios. Na Vila Basevi, as terras medem 28 hectares. Como as 1,6mil famílias que moram lá ocuparam o espaço irregularmente, terão que pagar também pelos lotes que ocupam, desde que não sejam consideradas de baixa renda.

Fonte: http://www.sedhab.df.gov.br/sala-de-...la-basevi.html
Reply With Quote
     
     
  #285  
Old Posted Mar 27, 2013, 9:53 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 23,730
Justamente na região aonde futuramente irá passar aquela nova rodovia, saindo da EPIA até a EPCT.
Reply With Quote
     
     
  #286  
Old Posted Mar 29, 2013, 4:30 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,472
Uma imagem do sistema viário do SHVP...

__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #287  
Old Posted Mar 31, 2013, 10:04 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 23,730
A área do referido aeroporto da Andrade Gutierrez pode ser tanto a do lado da Torre Digital e também da área do outro lado da BR 020, na saída para Brazlândia. Só para fazer um comparativo, a Torre Digital está a 18 km da rodoviária do Plano Piloto. Então pode ser naquela região, como também pode ser na região aonde eu mencionei.
Reply With Quote
     
     
  #288  
Old Posted Mar 31, 2013, 10:06 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 23,730
Quote:
Originally Posted by MAMUTE View Post
Uma imagem do sistema viário do SHVP...

Essas 3 linhas em vermelho deveriam chegar até o Jockey Club. Que no médio prazo, irá virar um bairro mais organizado que Vicente Pires, se bem que pra min, o GDF deveria fazer um local para empregos e não para moradias. Tanto para Estrutura e também para Vicente Pires.
Reply With Quote
     
     
  #289  
Old Posted Apr 4, 2013, 2:23 PM
guitmj guitmj is offline
Registered User
 
Join Date: Jan 2013
Posts: 13
O assunto é mais na parte financeira, mas só para compartilhar no fórum que o Alphaville pode mudar de mãos:

Decisão sobre Alphaville sai na próxima semana
04/04/2013 - O ESTADO DE S. PAULO - SP - NEGÓCIOS

A construtora Gafisa deve anunciar até o fim da próxima semana qual a decisão sobre a negociação para a venda da Alphaville, sua unidade que atua no segmento de loteamentos A subsidiária recebeu, no dia 22, três propostas de compra, todas acima de R$ 2 bilhões, de acordo com fontes consultadas pelo Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado. Uma dessas propostas tem validade de 15 dias e, após esse período, deverá ser retirada.

De acordo com fontes do mercado, as propostas foram encaminhadas pela gestora de recursos Hemisfério Sul Investimentos (controladora da concorrente Cipasa Urbanismo); pela GP Investimentos, em parceria com a Equity International, do investidor americano Sam Zell; e pelo fundo de private equity Pátria Investimentos, em parceria com a Blackstone.

Valor de mercado. A Alphaville está avaliada em cerca de R$ 1,8 bilhão, mas pessoas próximas da negociação dizem que a Gafisa não se dispõe a negociar a venda da empresa por menos de R$ 2 bilhões.

O conselho de administração da Gafisa já teria se reunido na semana passada, mas ainda não bateu o martelo sobre a venda da Alphaville.
Parte dos conselheiros defende a venda como forma de gerar caixa e diminuir o endividamento da companhia, enquanto outra parte prefere a abertura de capital da loteadora.
Na semana passada, a Alphaville solicitou o aval da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para ser uma companhia de capital aberto, mas ainda não incluiu um pedido de oferta pública de distribuição de ações da empresa no mercado.

Fonte: http://economia.estadao.com.br/notic...e,149398,0.htm

Last edited by guitmj; Apr 4, 2013 at 6:07 PM. Reason: A notícia é do jornal impresso do Estado de São Paulo, recebida por clipping. Mas coloco a fonte da notícia do site do jornal
Reply With Quote
     
     
  #290  
Old Posted Apr 4, 2013, 3:05 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,472
Tomara que ao mudar de mãos a Alphaville continue fazendo condomínios de Luxo e não popularizem a marca fazendo lançamentos mais populares visando mais lucros

Obs: Guitmj poderia colocar o link da noticia no final da matéria, apenas para ficar no padrão do fórum
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #291  
Old Posted Apr 4, 2013, 3:06 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,472
GDF sanciona suspensão das obras da quadra 500 do Sudoeste



Decisão é de 2012, mas só foi publicada no Diário Oficial desta quinta (4).
Empreendimento foi alvo de ações judiciais; MP diz que ele fere Lei Orgânica.


Foi publicada nesta quinta-feira (4) no Diário Oficial do Distrito Federal a suspensão das obras da quadra 500 do Sudoeste.
A decisão, de 2012, é do presidente do Instituto do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos do Distrito Federal (Ibram), Nilton Reis Batista Junior, com base em decisões do Tribunal de Contas e do Tribunal de Justiça, e tem validade a partir da data de publicação.

O projeto de expansão do Sudoeste é alvo de diversas ações judiciais e, de acordo com o Ministério Público, a urbanização da área fere artigos da Lei Orgânica distrital, que impedem a criação da nova quadra nas proximidades do Eixo Monumental.
O MP protocolou ação em outubro de 2010, após o governo liberar a construção de edifícios residenciais na área que passou a ser chamada expansão do Setor Sudoeste.

A Justiça acatou a decisão do MP e concedeu liminar impedindo a expansão do setor. A suspensão das obras foi confirmada também pela Justiça Federal, em 2011, e pelo Tribunal de Contas do DF.
No início de 2012, a Justiça Federal já havia confirmado a liminar concedida em 2010 pela Vara do Meio Ambiente do Distrito Federal, proibindo qualquer obra de expansão do Setor Sudoeste.

A Justiça Federal entrou no caso porque a área foi doada pelo DF à Marinha, que permutou o terreno com uma construtora em troca da construção de 784 apartamentos funcionais para a União em Águas Claras.
Em 2012, a construtora recorreu ao Tribunal Regional Federal da 1º Região, em Brasília, alegando que um simples decreto não poderia regulamentar o tombamento do Plano Piloto e que já havia sido editado outro decreto pelo GDF permitindo a implantação de residências à margem do Eixo Monumental.

Por unanimidade, a 6ª turma da Corte rejeitou recurso protocolado pela construtora e decidiu manter suspensa as obras.
O Ministério Público Federal emitiu parecer contra o recurso da empresa. Segundo o MPF, a preservação do Plano Piloto não se funda primordialmente no decreto, mas em texto expresso na Lei Orgânica do DF, vigente em 1989, quando se definiu que a área não deve ser usada para ocupação residencial.

Além disso, o MPF argumentou que é impossível decreto do governo do DF autorizar a construção de novo bairro residencial às margens do Eixo Monumental, já que a matéria estava e está protegida por lei.
Quadras 500

O projeto da quadra 500 do Sudoeste prevê a construção de 11 prédios de seis andares cada em área situada entre o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) e o Eixo Monumental.
De acordo com a decisão da juíza Ana Paula Martíni Tremarin, da 16ª Vara da Justiça Federal no DF, a expansão engloba área tombada, não está prevista no projeto urbanístico de Brasília e pode ainda provocar danos ambientais e afetar a qualidade de vida de quem já mora no setor.







http://g1.globo.com/distrito-federal...-sudoeste.html
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!

Last edited by MAMUTE; Apr 4, 2013 at 3:43 PM.
Reply With Quote
     
     
  #292  
Old Posted Apr 4, 2013, 8:36 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 23,730
Eu morro de rir o povo insistir nessa tese de QUALIDADE DE VIDA estar atrelada a arquitetura e urbanismo e porque não dizer, meio ambiente. Se fala muito nisso, mas, uma pessoa pode morar no melhor da arquitetura, do meio ambiente, e do urbanismo e não ter qualidade de vida. Eu nem vou dar o trabalho de listar as cidades européias e japoneses, que tem tudo isso, dizem que tem qualidade de vida, mas tem altos indices de suicidio. Suicidio não interfere na qualidade de vida?
Reply With Quote
     
     
  #293  
Old Posted Apr 4, 2013, 9:48 PM
Jota's Avatar
Jota Jota is offline
Registered User
 
Join Date: Sep 2011
Posts: 3,488
Quote:
Originally Posted by pesquisadorbrazil View Post
Eu morro de rir o povo insistir nessa tese de QUALIDADE DE VIDA estar atrelada a arquitetura e urbanismo e porque não dizer, meio ambiente. Se fala muito nisso, mas, uma pessoa pode morar no melhor da arquitetura, do meio ambiente, e do urbanismo e não ter qualidade de vida. Eu nem vou dar o trabalho de listar as cidades européias e japoneses, que tem tudo isso, dizem que tem qualidade de vida, mas tem altos indices de suicidio. Suicidio não interfere na qualidade de vida?
É obvio ululante que arquitetura, urbanismo e meio ambiente são componentes de qualidade de vida, e alimentação, salario, cultura etc...

Ter padrão de qualidade de vida não quer dizer que todos serão felizes, as vezes o cara tem tudo pra ser feliz e é triste por isso mesmo...
Reply With Quote
     
     
  #294  
Old Posted Apr 4, 2013, 9:56 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 23,730
Quote:
Originally Posted by Jota Ferro View Post
É obvio ululante que arquitetura, urbanismo e meio ambiente são componentes de qualidade de vida, e alimentação, salario, cultura etc...

Ter padrão de qualidade de vida não quer dizer que todos serão felizes, as vezes o cara tem tudo pra ser feliz e é triste por isso mesmo...
Mais em Brasília o povo é ILUDIDO, esqueceram que aqui tudo era ARTIFICIAL, a arquitetura, o urbanismo, o meio ambiente, a educação, a segurança, a medicina.

Agora que o povo começa a cair na real. Pois quem tem QUALIDADE DE VIDA, são os ricos. Pois eles pagam para ter saúde, educação e segurança. Então, eles podem até morar numa mansão com fossa séptica e poço artesiano.

Uma construção de rico, somente tem TAMANHO, mais se for atentar puramente na construção em si, se assemelha aos bairros mais pobres, como Valparaizo, aonde tem casas que tem poço artesiano e fossa septica. A diferença entre esses moradores é apenas uma. GRANA.
Reply With Quote
     
     
  #295  
Old Posted Apr 4, 2013, 10:22 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 23,730
GDF sanciona suspensão das obras da quadra 500 do Sudoeste

Decisão é de 2012, mas só foi publicada no Diário Oficial desta quinta (4).
Empreendimento foi alvo de ações judiciais; MP diz que ele fere Lei Orgânica.

Foi publicada nesta quinta-feira (4) no Diário Oficial do Distrito Federal a suspensão das obras da quadra 500 do Sudoeste.

A decisão, de 2012, é do presidente do Instituto do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos do Distrito Federal (Ibram), Nilton Reis Batista Junior, com base em decisões do Tribunal de Contas e do Tribunal de Justiça, e tem validade a partir da data de publicação.

O projeto de expansão do Sudoeste é alvo de diversas ações judiciais e, de acordo com o Ministério Público, a urbanização da área fere artigos da Lei Orgânica distrital, que impedem a criação da nova quadra nas proximidades do Eixo Monumental.

O MP protocolou ação em outubro de 2010, após o governo liberar a construção de edifícios residenciais na área que passou a ser chamada expansão do Setor Sudoeste.

A Justiça acatou a decisão do MP e concedeu liminar impedindo a expansão do setor. A suspensão das obras foi confirmada também pela Justiça Federal, em 2011, e pelo Tribunal de Contas do DF.

No início de 2012, a Justiça Federal já havia confirmado a liminar concedida em 2010 pela Vara do Meio Ambiente do Distrito Federal, proibindo qualquer obra de expansão do Setor Sudoeste.

A Justiça Federal entrou no caso porque a área foi doada pelo DF à Marinha, que permutou o terreno com uma construtora em troca da construção de 784 apartamentos funcionais para a União em Águas Claras.

Em 2012, a construtora recorreu ao Tribunal Regional Federal da 1º Região, em Brasília, alegando que um simples decreto não poderia regulamentar o tombamento do Plano Piloto e que já havia sido editado outro decreto pelo GDF permitindo a implantação de residências à margem do Eixo Monumental.

Por unanimidade, a 6ª turma da Corte rejeitou recurso protocolado pela construtora e decidiu manter suspensa as obras.

O Ministério Público Federal emitiu parecer contra o recurso da empresa. Segundo o MPF, a preservação do Plano Piloto não se funda primordialmente no decreto, mas em texto expresso na Lei Orgânica do DF, vigente em 1989, quando se definiu que a área não deve ser usada para ocupação residencial.

Além disso, o MPF argumentou que é impossível decreto do governo do DF autorizar a construção de novo bairro residencial às margens do Eixo Monumental, já que a matéria estava e está protegida por lei.

Quadras 500
O projeto da quadra 500 do Sudoeste prevê a construção de 11 prédios de seis andares cada em área situada entre o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) e o Eixo Monumental.

De acordo com a decisão da juíza Ana Paula Martíni Tremarin, da 16ª Vara da Justiça Federal no DF, a expansão engloba área tombada, não está prevista no projeto urbanístico de Brasília e pode ainda provocar danos ambientais e afetar a qualidade de vida de quem já mora no setor.

Fonte:http://g1.globo.com/distrito-federal...-sudoeste.html
Reply With Quote
     
     
  #296  
Old Posted Apr 6, 2013, 12:33 AM
dummed dummed is offline
Registered User
 
Join Date: Feb 2012
Posts: 17
Do grande orçamento anunciado pelo GDF em março para uma série de obras, R$1,9 bilhão, a duplicação da DF-140 é destaque:

DF vai investir R$ 1,9 bilhão em pacote de 184 obras 41% das obras do pacote anunciado ontem ainda serão licitadas

Criação de nova pista com seis faixas entre os balões do Colorado e do Torto está na lista
O Governo do Distrito Federal lançou ontem um pacote de obras no valor de R$ 1,9 bilhão como parte do programa Acelera DF.
No total, são 184 obras. A maioria, 77 delas, ainda serão licitadas. Elas somam um investimento de R$ 424 milhões. Outras 56, no valor total de R$ 1,1 bilhão, já tiveram a licitação publicada. E 51 projetos, no valor de R$ 340 milhões, já tiveram a licitação concluída e estão em fase de contratação das empresas vencedoras da concorrência.
A verba para bancar as obras sairá do orçamento do próprio governo, de repasses da União e de empréstimos.
Entre as 77 obras que ainda serão licitadas, destaque para a duplicação da DF-140 e para a construção de 20 creches e de seis presídios novos. No pacote de obras que já tiveram a licitação publicada, está a criação de uma pista suplementar com três faixas de rolamento em cada sentido entre o Balão do Torto e o Balão do Colorado e a ampliação do sistema de esgoto sanitário em Sobradinho e no Jardim Botânico. Entre os projetos em que as empresas responsáveis já estão sendo contratadas, está a construção da estação de tratamento de água Corumbá Sul.
Segundo o governador Agnelo Queiroz, o pacote de obras vai dinamizar a economia do DF e também atender demandas da sociedade em vários setores, como saúde, educação e mobilidade urbana. "Todas as obras serão licitadas até abril. A ideia é aproveitar o período de estiagem para acelerar os trabalhos. Nos próximos dois anos transformaremos o DF em um grande canteiro de obras", afirmou, lembrando que das 156 obras iniciadas no governo anterior e deixadas inacabas apenas o Veículo Leve sobre Trilhos não foi concluído.


http://www.destakjornal.com.br/notic...itadas-183279/
Reply With Quote
     
     
  #297  
Old Posted Apr 6, 2013, 12:35 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 23,730
Quote:
Originally Posted by dummed View Post
Do grande orçamento anunciado pelo GDF em março para uma série de obras, R$1,9 bilhão, a duplicação da DF-140 é destaque:

DF vai investir R$ 1,9 bilhão em pacote de 184 obras41% das obras do pacote anunciado ontem ainda serão licitadas

Criação de nova pista com seis faixas entre os balões do Colorado e do Torto está na lista
O Governo do Distrito Federal lançou ontem um pacote de obras no valor de R$ 1,9 bilhão como parte do programa Acelera DF.
No total, são 184 obras. A maioria, 77 delas, ainda serão licitadas. Elas somam um investimento de R$ 424 milhões. Outras 56, no valor total de R$ 1,1 bilhão, já tiveram a licitação publicada. E 51 projetos, no valor de R$ 340 milhões, já tiveram a licitação concluída e estão em fase de contratação das empresas vencedoras da concorrência.
A verba para bancar as obras sairá do orçamento do próprio governo, de repasses da União e de empréstimos.
Entre as 77 obras que ainda serão licitadas, destaque para a duplicação da DF-140 e para a construção de 20 creches e de seis presídios novos. No pacote de obras que já tiveram a licitação publicada, está a criação de uma pista suplementar com três faixas de rolamento em cada sentido entre o Balão do Torto e o Balão do Colorado e a ampliação do sistema de esgoto sanitário em Sobradinho e no Jardim Botânico. Entre os projetos em que as empresas responsáveis já estão sendo contratadas, está a construção da estação de tratamento de água Corumbá Sul.
Segundo o governador Agnelo Queiroz, o pacote de obras vai dinamizar a economia do DF e também atender demandas da sociedade em vários setores, como saúde, educação e mobilidade urbana. "Todas as obras serão licitadas até abril. A ideia é aproveitar o período de estiagem para acelerar os trabalhos. Nos próximos dois anos transformaremos o DF em um grande canteiro de obras", afirmou, lembrando que das 156 obras iniciadas no governo anterior e deixadas inacabas apenas o Veículo Leve sobre Trilhos não foi concluído.


http://www.destakjornal.com.br/notic...itadas-183279/
Se não me engano, ainda está em licitação para liberar a obra.
Reply With Quote
     
     
  #298  
Old Posted Apr 6, 2013, 12:45 AM
dummed dummed is offline
Registered User
 
Join Date: Feb 2012
Posts: 17
Sim, é a licitação 18/2010 ( http://www.der.df.gov.br/cc2010/item...-018-2010.html ) estava com a abertura adiada. Agora, pelo que indica a reportagem (destaquei o trecho), ela será retomada.
Reply With Quote
     
     
  #299  
Old Posted Apr 6, 2013, 1:05 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 23,730
O GDF tem que duplicar logo essa rodovia, pois para lançar o CENTRO FINANCEIRO INTERNACIONAL, o local deverá ter uma infra-estrutura impecável. E com pista simples nem dá. Sem falar no megashopping que a região irá receber nos próximos anos.
Reply With Quote
     
     
  #300  
Old Posted Apr 6, 2013, 1:50 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,472
Também vale lembrar que o GDF terá que fazer uma serie de viadutos, ate agora não vi nada a respeito...
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
This discussion thread continues

Use the page links to the lower-right to go to the next page for additional posts
 
 
Reply

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Regiões Metropolitanas Mundiais
Forum Jump


Thread Tools
Display Modes

Forum Jump


All times are GMT. The time now is 2:09 PM.

     

Powered by vBulletin® Version 3.8.7
Copyright ©2000 - 2021, vBulletin Solutions, Inc.