HomeDiagramsDatabaseMapsForum About
     

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Notícias do Brasil - Imprensa Nacional


Reply

 
Thread Tools Display Modes
     
     
  #1  
Old Posted Aug 4, 2014, 7:12 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,017
Comércio no Brasil - Movimentações no Setor

Comércio no Brasil - Movimentações no Setor...
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #2  
Old Posted Aug 4, 2014, 7:14 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,017
Marisa dispara na Bovespa com rumores de fusão



O mercado repercute a notícia de uma possível fusão com a Lojas Renner

Foto: Wikimedia Commons

No ano, os papéis da Marisa acumulam perdas de mais de 8%

São Paulo - Os papéis da Marisa registravam ganhos de 16% na máxima do dia nesta segunda-feira, enquanto a ação ordinária da Renner subia mais de 2%.

O mercado repercute a notícia de uma possível fusão com a Lojas Renner divulgada pela coluna Radar, na última edição da Veja.

No segundo trimestre deste ano, a Lojas Renner teve lucro líquido de 118,5 milhões de reais, um aumento de 20,9%, na comparação com o mesmo período do ano passado. A Marisa ainda não divulgou seus resultados.

No ano, os papéis da Renner acumulam ganhos de 18%, enquanto a Marisa tem perdas de mais de 8%.











http://exame.abril.com.br/mercados/n...mores-de-fusao
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #3  
Old Posted Aug 4, 2014, 7:22 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 22,302
Interessante fusão, mas tem alguns problemas em vista, o que fazer com lojas Renner e Marisa nos mesmos shoppings? o CADE não aprovaria isso. O mesmo ocorre com Casas Bahia e Ponto Frio.
Reply With Quote
     
     
  #4  
Old Posted Aug 5, 2014, 10:03 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,017
Brasil consome metade do que o McDonald’s vende para latinos



No segundo trimestre, país respondeu por 50,1% das vendas da rede de fast food na América Latina

Foto: Jason Alden/Bloomberg

McDonald's: Brasil tem peso importante nos números da rede na América Latina

São Paulo – No Brasil, as vendas da Arcos Dorados, maior franquia do McDonald's no mundo, que opera a rede na América Latina, somaram 459,1 milhões de dólares no segundo trimestre. O montante representou 50,1% do faturamento total da companhia.

Enquanto no mercado brasileiro as vendas da Arcos Dorados ficaram estáveis na comparação com o mesmo período, a receita total da empresa apresentou queda de 7,2%, totalizando 917,9 milhões de dólares no segundo trimestre.

Segundo comunicado da companhia, o cardápio com sete lanches feitos para homenagear países que participaram da Copa do Mundo ajudou o bom desempenho do período no mercado brasileiro.

Por outro lado, a desaceleração do consumo, as manifestações e o baixo movimento de clientes em dias de jogos impactaram negativamente as vendas.

De acordo com Woods Staton, presidente da Arcos Dorados, os resultados do segundo trimestre foram impactados pelo fraco crescimento econômico em vários mercados.

“No Brasil, as tendências de consumo se mantiveram fracas. Mesmo assim, conseguimos mais um trimestre de crescimento de dois dígitos da receita orgânica, apoiada por um forte aumento nas vendas comparáveis”, disse o executivo, em nota.

Novas lojas

Além de responder por boa parte da receita da rede na América Latina, o Brasil também foi responsável por 75% das novas lojas abertas pela companhia no último ano. Dos 104 restaurantes inaugurados, 78 foram abertos no país.

A Arcos Dorados fechou o período com 2.075 restaurantes, 2.380 dessert centers e 341 unidades de McCafé.











http://exame.abril.com.br/negocios/n...e-para-latinos
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #5  
Old Posted Aug 9, 2014, 3:50 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 22,302
Setença de Despejo


A mais famosa rede de churrascarias do Rio de Janeiro, o Porcão, segue atolada em sua interminável crise. Depois de sofrer até greve de garçons (leia mais aqui), a filial que funciona dentro do Jockey Club teve o despejo por falta de pagamento de aluguel determinado pela 34ª Vara Cível do Rio. A decisão saiu na segunda-feira.

O Porcão, que tenta renegociar sua dívida com o Jockey, deve ser notificado do despejo no início da semana que vem. A partir daí terá 15 dias para cumprir a sentença.


Fonte

Last edited by pesquisadorbrazil; Nov 19, 2014 at 10:35 PM.
Reply With Quote
     
     
  #6  
Old Posted Aug 9, 2014, 3:50 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 22,302
A próxima será do Píer 21 para desespero dos burgueses do lago.
Reply With Quote
     
     
  #7  
Old Posted Aug 20, 2014, 4:21 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 22,302
Lowe’s demonstra interesse pelo Brasil



Balaroti e BR Home Centers estão na mira da varejista de materiais de construção norte-americana

Atraída pelo aumento do potencial de consumo brasileiro e, principalmente do crescente número de pessoas que conseguiram adquirir a casa própria, a Lowe’s, segunda maior varejista de materiais de construção dos Estados Unidos, está buscando aquisições no Brasil.

De acordo com a agência Bloomberg, duas pessoas que pediram para não ser identificadas informaram que a varejista está trabalhando com o grupo Goldman Sachs para adquirir empresas brasileiras. Por enquanto, estão na mira da Lowe’s a BR Home Centers – dona da Tend Tudo e da Casa Show – e a Balaroti, de Curitiba.

A Lowe’s é uma empresa de capital aberto desde 1961. Suas vendas no ano passado ultrapassaram os US$ 53 bilhões, com lucro líquido de US$ 2,3 bilhões. Opera 1.830 lojas nos Estados Unidos, Canadá e México, com potencial de atendimento de 15 milhões de clientes por semana e 260 mil funcionários.

Mesmo com a desaceleração econômica no cenário do Brasil, o fato de 100 milhões de brasileiros terem entrado na classe média nos últimos anos faz o setor de materiais de construção parecer bastante atraente, muito incentivado pelo programa governamental Minha Casa, Minha Vida, que já entregou mais de um milhão de residências no País.

Além de promissor, o setor no Brasil é bastante pulverizado. Para se ter uma ideia, a participação dos cinco maiores operadores é de 11%. No setor de alimentos, por exemplo, esse número é de 50%. Mesmo assim, há espaço para todo mundo, desde os operadores internacionais até o pequeno varejista. Por ser um mercado relativamente imaturo ainda, a tendência para os próximos anos é que aumente a concentração nas mãos de grandes empresas.

Bio

A BR Home Centers foi formada pelas redes TendTudo e Casa Show em 2010. É uma das cinco maiores empresas de seu segmento no Brasil, com 21 lojas em oito Estados, além de sete Centros de Distribuição e faturamento acima de R$ 900 milhões por ano. O controle é dividido pelo fundo de investimento Leblon Equities e a família Moraes, que começou com a empresa. Em março desse ano, as partes decidiram vender a BR Home Centers e contrataram o banco Rothschild para coordenar este processo.

Com o mesmo número de lojas da BR Home Centers, a Balaroti é líder em seu segmento no Paraná, com treze unidades em Curitiba, duas em Ponta Grossa e seis em Santa Catarina: Camboriú, Florianópolis, São José, Joinville, Jaraguá e Blumenau. Com 48 anos no mercado, trabalha com 52 mil itens de construção, tem 1770 funcionários e apresentou no ano passado faturamento de R$ 409 milhões.

Cem milhões de consumidores inseridos na classe média. E como as empresas têm se adaptado para atender esses consumidores? Nos dias 9 e 10 de setembro, acontece o maior Congresso sobre relacionamento com clientes e relações de consumo. O CONAREC reunirá milhares de profissionais e lideranças das mais importantes empresas do país para debater conceitos e ideias inovadoras relacionados ao tema.


Fonte

Last edited by pesquisadorbrazil; Nov 19, 2014 at 10:35 PM.
Reply With Quote
     
     
  #8  
Old Posted Aug 20, 2014, 4:23 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 22,302
Nossa tem certos jornais e revistas que são muito especulativas, não tem muitos meses, que saiu uma matéria similar, dando conta que a Home Depot iria comprar a mesma rede. Igual a alguns dias, a revista Exame, veio com papo que a Renner iria comprar a Marisa. Algo que não somente não se concretizou. Mas que a revista especulou com ajuda de pessoas externas (pseudo especialistas de empresas de consultoria do mercado financeiro e de ações). Causando inclusive com o boato a elevação das ações da Marisa no dia seguinte a notícia e no outro dia, depois da mentira descoberta, as ações da Marisa despencaram.
Reply With Quote
     
     
  #9  
Old Posted Aug 26, 2014, 11:01 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,017
Brasil é 2º país em número de academias de ginástica

Segundo informações do Sebrae, cerca de 1,6 mil academias são abertas por ano

Foto: Getty Images



O Brasil é o segundo país com o maior número de academias de ginástica no mundo, perdendo apenas para os Estados Unidos. Enquanto existem 21.760 negócios brasileiros neste setor, os americanos contam atualmente com 29.960 empreendimentos, segundo números do Sebrae.

De acordo com a entidade, a quantidade de academias nos Estados Unidos tem se mantido estável nos últimos três anos, enquanto o número de empresas do tipo no Brasil cresceu 29% no mesmo período, o que representou a criação de 4.948 novas academias.

Os dados do Sebrae revelam que as 21.760 academias brasileiras têm 2,8 milhões de alunos matriculados. O segmento gera aproximadamente 317 mil empregos formais para profissionais de educação física e movimenta cerca de R$ 2,45 bilhões por ano.





http://m.terra.com.br/noticia?n=090d...009af154d0RCRD
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #10  
Old Posted Aug 27, 2014, 2:05 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 22,302
Quote:
Originally Posted by MAMUTE View Post
Marisa dispara na Bovespa com rumores de fusão



O mercado repercute a notícia de uma possível fusão com a Lojas Renner

Foto: Wikimedia Commons

No ano, os papéis da Marisa acumulam perdas de mais de 8%

São Paulo - Os papéis da Marisa registravam ganhos de 16% na máxima do dia nesta segunda-feira, enquanto a ação ordinária da Renner subia mais de 2%.

O mercado repercute a notícia de uma possível fusão com a Lojas Renner divulgada pela coluna Radar, na última edição da Veja.

No segundo trimestre deste ano, a Lojas Renner teve lucro líquido de 118,5 milhões de reais, um aumento de 20,9%, na comparação com o mesmo período do ano passado. A Marisa ainda não divulgou seus resultados.

No ano, os papéis da Renner acumulam ganhos de 18%, enquanto a Marisa tem perdas de mais de 8%.











http://exame.abril.com.br/mercados/n...mores-de-fusao
Olha o terrorismo da imprensa. Não existiu e nunca existirá a fusão entre as empresas. Quem ganhou com a especulação. Me esqueci, a imprensa tem que proteger a fonte fake.
Reply With Quote
     
     
  #11  
Old Posted Sep 9, 2014, 9:54 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,017
...
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!

Last edited by MAMUTE; Sep 9, 2014 at 10:05 PM.
Reply With Quote
     
     
  #12  
Old Posted Nov 8, 2014, 5:59 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,017
Grife Banana Republic deve chegar ao Brasil em 2015

Foto: Cate Gillon/Getty Images

Loja da Banana Republic: marca se prepara para chegar ao Brasil

A grife Banana Republic, que pertence ao grupo GAP, deve chegar ao Brasil em 2015.

A informação do desembarque da marca foi publicada na coluna Radar, do jornalista Lauro Jardim, na revista VEJA desta semana.

Além da Banana Republic, o grupo GAP também é dono da marca homônima, da Old Navy, da Piperlime, da Athleta e da Intermix.

O faturamento do grupo atinge US$ 16 bilhões, com milhares de lojas espalhadas pelo mundo.

Fundada em 1978, a Banana Republic foi comprada pela GAP em 1983.

A marca, que era uma fornecedora de roupas de safari, procura ser hoje em dia um "abastecedor verdadeiro do estilo americano", com roupas confortáveis e refinadas.

A chegada da Banana Republic deve acirrar ainda mais o mercado de fast-fashion no Brasil.

O aumento consistente do mercado interno tem elevado o apetite de um número crescente de multinacionais, como a Forever 21, por exemplo.

A GAP chegou ao varejo brasileiro em 2013. Seu plano de expansão é ter 10 lojas abertas no país até o fim deste ano, inclusive no Nordeste.












http://exame.abril.com.br/negocios/n...brasil-em-2015
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #13  
Old Posted Nov 9, 2014, 12:38 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 22,302
Não vai demorar para desembarcar em terras candangas.
Reply With Quote
     
     
  #14  
Old Posted Nov 13, 2014, 10:55 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,017
Lojas Americanas prevê abrir 800 lojas nos próximos 5 anos



Varejista planeja investir R$ 4 bilhões no projeto, que inclui a abertura de dois novos centros de distribuição

Foto: Reprodução

Número de novas unidades previsto no novo plano de expansão das Lojas Americanas é o dobro em relação ao plano anterior, que teve a abertura de 400 lojas e foi concluído em 2013


A varejista Lojas Americanas lançou novo plano de expansão na quarta-feira, com previsão de abertura de 800 lojas em cinco anos e investimentos de R$ 4 bilhões, depois de ter divulgado um lucro 33% menor no terceiro trimestre.

"Devido ao otimismo que temos em relação ao Brasil, temos muitas oportunidades. As lojas que inauguramos estão performando muito bem", disse à Reuters o diretor de relações com investidores da companhia, Murilo Correa, sobre as perspectivas positivas em relação ao projeto.

Segundo o executivo, o plano de expansão da companhia não está focado nas questões macroeconômicas. "Passamos por diversos períodos e a empresa flutuou muito bem, vem navegando muito bem em relação a resultados", acrescentou.

Além das 800 lojas, o plano prevê a abertura de dois novos centros de distribuição. O número de novas unidades é o dobro em relação ao plano de expansão anterior, que teve a abertura de 400 lojas e foi concluído em 2013.

O executivo não deu mais detalhes sobre a localização das lojas, limitando-se a informar que a companhia já tem um mapeamento sobre onde pretende inaugurar novos pontos.

"Já temos um mapeamento grande e sabemos para onde queremos ir, depende muito das negociações de cada um desses pontos. A rentabilidade da loja é o que pauta a nossa ação no sentido de fechar o negócio", afirmou.

Os novos investimentos serão financiados por meio do próprio caixa da companhia, além de uma linha de crédito com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) de R$ 1,2 bilhão, aprovada em março, com o objetivo de expansão.

"A gente fez um trabalho de alongamento da dívida, hoje o perfil da dívida está muito diferente, temos hoje muita certeza de que a estrutura de capital suporta este desafio", afirmou Correa.

Ao final de setembro, a dívida líquida consolidada da companhia foi 1,3 vez o Ebitda (sigla em inglês para lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) acumulado de 12 meses, ante 1,5 vez em junho.

"Tem a possibilidade de um crescimento que sustente todo o plano de expansão e possa criar a geração de caixa que a gente espera para os próximos anos", afirmou.

Segundo o executivo, há oportunidades de avanços nas lojas mais maduras, que vêm tendo "bom crescimento". As vendas mesmas lojas (abertas há mais 12 meses) cresceram 10% no terceiro trimestre, ante avanço de 8% um ano antes.

"Estamos muito otimistas com o Natal, principal trimestre das Lojas Americanas", acrescentou.

A empresa também anunciou assinatura de contrato com a BradesCard para a oferta conjunta de cartões de crédito nas lojas.

Esta é a base para a criação de uma promotora de crédito que vai oferecer aos clientes produtos como seguros e serviços financeiros, como empréstimos e cartões pré-pagos.

Em 2012, a Lojas Americanas encerrou uma joint venture com o Itaú Unibanco para a financeira FAI, que segundo o executivo teve resultados abaixo do previsto no plano de negócios.

"A FAI chegou a atingir quase 15% do total de vendas com cartões que tinha nas Lojas Americanas, pode ter um volume expressivo neste (novo) negócio", disse.

A promotora de crédito permite, segundo ele, melhorar as margens, aumentar o relacionamento com clientes, e ajudar na gestão de custos, acrescentou.

No terceiro trimestre, a Lojas Americanas teve lucro líquido consolidado de R$ 65,1 milhões no terceiro trimestre, queda de 32,9% na comparação com o mesmo período do ano passado.

O Ebitda ajustado foi de R$ 476,8 milhões, avanço de 18,7% ano contra ano.

A média de estimativas obtidas pela Reuters apontava lucro líquido de R$ 60,5 milhões e Ebitda de R$ 466,1 milhões.


Como esperado por analistas, o resultado financeiro, que ficou negativo em R$ 327 milhões, pressionou o lucro líquido no período. Um ano antes, o resultado financeiro ficou negativo em 206,9 milhões de reais.

A receita líquida no período avançou 18,7%, a R$ 3,653 bilhões.











http://economia.terra.com.br/lojas-a...f46d0RCRD.html
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #15  
Old Posted Nov 13, 2014, 2:07 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 22,302
E pela quantidade de novos shoppings que o DF terá no futuro, estimo no minimo umas 20 lojas. Por aqui, só de shopping fora as lojas de rua.
Reply With Quote
     
     
  #16  
Old Posted Nov 19, 2014, 7:52 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,017
Burger King acelera expansão e avalia IPO no Brasil



Companhia pretende ter 700 restaurantes em 2016, quando poderá abrir seu capital ou vender operação para investidores

Divulgação

Bola para frente: o Burger King, comandado por Iuri Miranda, ultrapassou Bob´s, Subway e Habib´s e assumiu segundo lugar no Brasil, atrás apenas do McDonald´s

Quando a gestora de recursos Vinci Partners, do banqueiro Gilberto Sayão, assumiu o Burger King como franqueadora master, em junho de 2011, a rede de fast-food americana era uma ilustre desconhecida no Brasil. Com apenas 108 restaurantes, ela representava, na época, um décimo do McDonald´s, seu principal rival global e por aqui.

Mais de três anos depois, o Burger King, comandado pelo executivo Iuri Miranda, está em uma desenfreada corrida de abertura de lojas. Até o fim deste ano, segundo apurou o blog BASTIDORES DAS EMPRESAS, a rede americana contará com 400 restaurantes e 150 quiosques.

Até o fim de 2016, o objetivo colocar em operação 700 restaurantes, sem contar os quiosques. “Temos estudos que demonstram que há espaço para 1,5 mil lojas”, diz uma fonte próxima aos executivos do Burger King no Brasil.

Daqui a dois anos, de acordo com essa fonte, a Vinci Partners, que é dona da maioria das lojas no Brasil, vai avaliar se abrirá o capital (IPO) ou se venderá sua fatia para investidores. “O mercado brasileiro tem muito espaço para crescer na área de fast-food”, diz a mesma fonte.

Essa expansão acelerada fez com que o Burger King assumisse a segunda posição entre as cadeias de fast-food no Brasil, de acordo com estudo da consultoria Euromonitor. Segundo a pesquisa, a rede americana alcançou uma participação de mercado, em faturamento, de 8% em 2013, uma expansão de 70% comparada ao ano anterior.

O Burger King, que era o quinto colocado, ultrapassou o Bob´s, o Subway e o Habib´s em 2013, segundo estudo da Euromonitor, divulgado em outubro deste ano. O McDonald´s permanece na liderança, com 28,2% de participação de mercado, uma queda de 0,5 ponto porcentual.

A rede que mais perdeu mercado foi o Habib´s, do empresário brasileiro Alberto Saraiva. No ano passado, sua fatia encolheu 0,9 ponto percentual. Com isso, caiu para terceiro lugar no ranking, ultrapassado pelo Burger King.

As cinco principais cadeias de fast-food no Brasil – McDonald´s, Burger King, Habib´s, Subway e Bob´s – representaram 56% de todas as receitas da categoria em 2013, dois pontos percentuais acima do que faturaram no ano anterior. “O desempenho positivo dessas redes reflete a prática de preços acessíveis, combinação de sanduíches e campanhas de marketing agressivas”, diz o estudo da Euromonitor.

As perspectivas para os próximos dois anos são bastante positivas, na avaliação da Euromonitor, em razão dos Jogos Olímpicos, no Rio de Janeiro, em 2016. “Tanto as cadeias de fast-food como os restaurantes deve ter um bom desempenho”, avalia a consultoria.

Procurado, o Burger King não concedeu entrevista, alegando que seu principal executivo, Iuri Miranda, está com a agenda cheia neste fim de ano e correndo para cumprir a meta de abertura de lojas para 2014.









http://www.istoedinheiro.com.br/blog...sil/5405.shtml
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #17  
Old Posted Nov 19, 2014, 10:36 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 22,302
Eles aceleraram muito em Brasília, mas pararam, anunciaram a loja do Gilberto Salomão e acabou. E por falar nessa loja, já inaugurou aonde era o Dona Lenha? Se inagurou, não consta do diretório nacional.
Reply With Quote
     
     
  #18  
Old Posted Nov 26, 2014, 8:36 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,017
Black Friday brasileira é 20% mais cara que comprar nos EUA


Foto: Shutterstock

Miami, que faz parte do Triangulo das Bermudas, é uma parada obrigatória para curtir praia e um dia de compras e usada como exemplo na simulação


Uma simulação da agência de viagens online, ViajaNet, mostra que, apesar dos grandes descontos, ainda vale mais visitar os Estados Unidos e comprar os produtos na Black Friday no exterior do que adquiri-los no Brasil, causando uma economia ao bolso do consumidor de aproximadamente 20% - simulação para uma viagem de casal.

Se uma pessoa viajar sozinha, a diferença dos gastos da Black Friday brasileira para a americana seria de 17%. A análise engloba os preços das passagens, hospedagens, alimentação, transporte e tributação de 60% por pessoa.

Levando em consideração apenas os valores dos produtos eletroeletrônicos - como câmeras de alta definição, câmeras de ação, notebooks, televisores 4K, videogames e smartphones - existe uma variação de até 137% nos valores quando comparados com os preços praticados entre Brasil (mais caro) e Estados Unidos (mais barato).

Veja abaixo, uma tabela simulada pela empresa com a viagem de um casal:


BRASIL----------- MIAMI----------- GASTOS COM 2 PESSOAS
R$ 41.252,00----- R$ 17.350,00---- Total do valor em compras
R$ 41.252,00----- R$ 26.260,00---- Compras + Imposto
R$ 41.252,00----- R$ 34.321,00---- Total com custos da viagem
20,19%----- Diferença





BRASIL----------- MIAMI----------- GASTOS PARA UMA PESSOA
R$ 20.626,00----- R$ 8.675,00 ---- Total do valor em compras
R$ 20.626,00----- R$ 13.130,00---- Compras + Imposto
R$ 20.626,00----- R$ 17.611,00---- Total com custos da viagem
17,12%----- Diferença









http://economia.terra.com.br/black-f...ceb0aRCRD.html
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #19  
Old Posted Nov 27, 2014, 9:38 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 22,302
Retirado de um forum, o que será a respeito da Apple? Nova loja de Sampa ou de novas lojas por todo o Brasil....

"Andei visitando a página sobre empregos da Apple no Brasil e está cheio de vagas em múltiplas cidades brasileiras!

Alguém sabe se isto é normal?

Olhem só:

Vagas: 36
Cargos/área: encarregado
de estoque (varejo), especialista (varejo), criativo (varejo), especialista em negócios (varejo), engenheiro de soluções (varejo),
gerente de negócio (varejo), líder de mercado (varejo), líder de negócios (varejo), expert (varejo), gerente (varejo), líder de loja (varejo), apple store leader program (varejo), genius (varejo), government affairs manager: Brazil (jurídico), iTunes legal counsel (jurídico), operations coordinator (marketing), TPM manager (engenharia de hardware), Apple customer experience (ACE) leader (vendas), materials program manager (operações), consumer offers manager (vendas), quality program manager (QPM) – brazil (serviço de atendimento ao cliente e suporte), ground - thruthing team lead (operações), carrier technical lead (engenharia de software), ios partner manager (marketing), associate creative director/copywriter (marketing), cross functional producer (marketing), 3D producer (marketing), consumer account
executive (vendas) e site safety technician (administrativo).
Locais: Salvador, São Paulo, Porto Alegre, Brasília, Curitiba, Belo Horizonte, Jundiaí e Rio de Janeiro.

Preparação para a abertura da nova loja em SP?"
Reply With Quote
     
     
  #20  
Old Posted Dec 2, 2014, 8:17 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,017
Após milhares de pedidos, Havanna terá franquias no Brasil


São Paulo – A marca de alfajores argentina Havanna está no Brasil desde 2006 e já acumulou 3 mil pedidos de abertura de franquias.

Neste ano, a empresa decidiu adotar este modelo de expansão e calcula que deve chegar a 320 pontos de venda em cinco anos.

Atualmente, a marca tem 28 unidades em São Paulo e no Paraná e planeja mais seis no Rio de Janeiro.

No mercado argentino, onde tem 200 lojas, metade funciona no formato de franquia. Além das unidades próprias, a empresa trabalha com distribuição dos produtos em outros locais, como docerias.

“Agora acreditamos estar preparados para desenvolver este mercado em âmbito nacional, através do sistema de franquia”, diz, em nota, Conceição Cunha, diretora da marca no Brasil.

O plano de expansão inclui 320 unidades nos próximos 48 a 60 meses. Em vendas, a expectativa é atingir 1 milhão de alfajores por ano. Hoje, os doces são importados da Argentina, mas a empresa planeja ter uma produção local de vários produtos no futuro.

A marca terá dois formatos de franquias: cafeteria e quiosque. Os quiosques terão de 9 a 16 metros quadrados e vão exigir investimento de 90 mil reais. Para uma cafeteria completa, o franqueado vai investir 270 mil reais.








http://exame.abril.com.br/pme/notici...uias-no-brasil
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
This discussion thread continues

Use the page links to the lower-right to go to the next page for additional posts
 
 
Reply

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Notícias do Brasil - Imprensa Nacional
Forum Jump


Thread Tools
Display Modes

Forum Jump


All times are GMT. The time now is 1:26 AM.

     

Powered by vBulletin® Version 3.8.7
Copyright ©2000 - 2020, vBulletin Solutions, Inc.