HomeDiagramsDatabaseMapsForum About
     

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Regiões Metropolitanas Mundiais


Reply

 
Thread Tools Display Modes
     
     
  #181  
Old Posted Jan 29, 2013, 8:03 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,505
Quote:
Originally Posted by pesquisadorbrazil View Post
Lei que cria setor no DF para moradia de servidores de hospital é publicada

Área com 13 blocos e 392 apartamentos fica no Sudoeste.
Texto também amplia Setor de Transporte Rodoviário de Cargas.

Foi publicada no Diário Oficial do Distrito Federal desta terça-feira (29) a lei que cria o setor residencial dos servidores do Hospital das Forças Armadas, no Sudoeste, e amplia em 26 lotes o Setor de Transporte Rodoviário de Cargas (STRC).

O setor residencial reúne 13 blocos com 392 apartamentos, além de oito casas, em uma área de 356 mil metros quadrados. Segundo a Secretaria de Habitação, 404 famílias vivem no local desde a construção do hospital, há mais de 40 anos. Até a sanção da lei, a área era destinada apenas a uso militar, e não a moradia. A situação impedia que a população pudesse reformar as casas que habitava.

Já no STRC, os 26 novos lotes foram divididos entre empresas transportadoras de cargas, comércio, segurança pública, restaurante comunitário e administração regional. A região, próxima à Estrutral e ao Setor Jóquei Clube, tem cerca de 64 mil metros quadrados.

Fonte: http://g1.globo.com/distrito-federal...publicada.html

Quero ver o povo chiar agora, e se liberarem as Q500 algum dia, vai haver suicídios lá no Sudoeste
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!

Last edited by MAMUTE; Jan 29, 2013 at 8:14 PM.
Reply With Quote
     
     
  #182  
Old Posted Jan 29, 2013, 8:06 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 23,856
Quote:
Originally Posted by Jota Ferro View Post
Espero que reformem aqueles "pombais" feios que ficam no HFA. Tem uns blocos ali que parecem penitenciarias.

E será se a tal de quadra 500 melou mesmo?
Melou não. Pois com parecer do IPHAN. Ele não pode tirar o parecer com pressão da população. Até mesmo porque, qual parecer ele vai dar contra o primeiro? E pior, a Antares Engenharia já entregou os apartamentos para o Ministério da Marinha.

O empreendimento teve aprovação de todas as concessionárias de serviços públicos, como Caesb, CEB e Detran. Se o Iphan der um parecer contrário agora. Ele vai cair em contradição.

Sei que, o empreendimento vai sair, depois que todas as projeções do Noroeste saiam do papel, digo, sejam comercializadas.
Reply With Quote
     
     
  #183  
Old Posted Jan 30, 2013, 4:57 PM
guitmj guitmj is offline
Registered User
 
Join Date: Jan 2013
Posts: 13
Quote:
Originally Posted by pesquisadorbrazil View Post
Seja bem vindo também, e com certeza sua participação irá somar em melhorias para o nosso forum.
Obrigado pesquisador.

Sobre o Alphaville, fiquei sabendo que a loja conceito no CasaPark fechará amanhã.
Será que eles não vão iniciar as vendas para o Residencial 3 no curto prazo (que era previsto para março/13)? Pois lá seria um ponto de divulgação, marketing e, posteriormente, vendas.
Reply With Quote
     
     
  #184  
Old Posted Jan 30, 2013, 6:49 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 23,856
Quote:
Originally Posted by guitmj View Post
Obrigado pesquisador.

Sobre o Alphaville, fiquei sabendo que a loja conceito no CasaPark fechará amanhã.
Será que eles não vão iniciar as vendas para o Residencial 3 no curto prazo (que era previsto para março/13)? Pois lá seria um ponto de divulgação, marketing e, posteriormente, vendas.
Eles irão para outro shopping ao qual eu não sei, e outra, eles estão saindo daquela loja, pois o CasaPark entrará em expansão, então ali, no lugar da loja vai ter um corredor para a expansão. E agora obtive a informação que o stand vai para o welcome center no próprio Alphaville.

Last edited by pesquisadorbrazil; Jan 30, 2013 at 7:09 PM.
Reply With Quote
     
     
  #185  
Old Posted Jan 31, 2013, 12:20 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 23,856
Ampliação do Setor de Transporte Rodoviário de Cargas vai beneficiar mercado

A ampliação do Setor de Transporte Rodoviário de Cargas (STRC) vai beneficiar economicamente um mercado que cresceu bastante no Distrito Federal nos últimos anos. A Lei Complementar nº 860, que trata da ampliação, determina a criação de 14 lotes destinados a transportadoras de cargas, três para que se construam delegacia, restaurante comunitário e a Administração Regional e outros nove para a instalação do comércio. Juntos, os 26 lotes medem cerca de 64 mil m².

O processo estava parado há dez anos na Sedhab — Secretaria de Habitação, Regularização e Desenvolvimento Urbano do Distrito Federal, mas há mais de duas décadas os donos das empresas de transporte de cargas pediam que a área do SRTC fosse ampliada. O presidente do Sindicato dessas empresas, Juvenil Martins, calcula que pelo menos 45 transportadoras de cargas, em sua maioria do ramo de mudanças, irão se instalar na ampliação do SRTC, que fica junto à Cidade Estrutural. Segundo ele, essas empresas estão espalhadas por todo o Distrito Federal, e a concentração das sedes em um só lugar vai trazer muitos benefícios.

“Vai melhorar muito porque nosso trabalho de logística será mais simples, o gasto com combustível vai ser reduzido e haverá melhora no próprio trânsito, pois vão diminuir os deslocamentos dos caminhões de cidades como Ceilândia e Taguatinga”, enumera Juvenil, acrescentando que, a reboque da ampliação, no mínimo 300 empregos serão criados pelas transportadoras de cargas.

Reordenamento – Os lotes serão criados em uma área pública que estava abandonada, sendo, inclusive, alvo de invasões, constantemente denunciadas pelos empresários. O Secretário de Habitação, Regularização e Desenvolvimento Urbano, Geraldo Magela, destaca não apenas a relevância econômica dos novos terrenos, mas também a importância deles para o reordenamento do espaço público. “Além de coibir as invasões que aconteciam, haverá também reflexos positivos no trânsito, pois criaremos um estacionamento para carretas que hoje em dia param no meio da rua”, informa o Secretário.

A ampliação do STRC atende ainda a uma outra necessidade, também antiga, que é a da Companhia Energética de Brasília, a CEB, de aumentar a subestação localizada na região. Mesmo que a companhia ainda não tenha decidido como isso será feito, a assessoria da CEB informou que uma subestação quando é ampliada aumenta a capacidade de fornecimento, diminuindo, consequentemente, as possibilidades da queda de energia elétrica.

Com a sanção da lei pelo Governador Agnelo Queiroz, a Terracap já pode abrir licitação para vender os novos lotes aos empresários interessados.

Fonte: Sedhab
Fonte: http://www.clicabrasilia.com.br/site...cado&id=447149
Reply With Quote
     
     
  #186  
Old Posted Feb 3, 2013, 12:10 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,505
Mais caro que Jardins, novo bairro de Brasília é inaugurado com lama e problemas de infraestrutura


Fotos aqui: http://noticias.uol.com.br/album/201....htm#fotoNav=2

Em vez de ruas asfaltadas, muita lama. O lixo passa dias sem ser recolhido. A iluminação pública à noite não funciona. O transporte público não chega, assim como as correspondências.

A descrição, que poderia se aplicar a um bairro de periferia das grandes metrópoles brasileiras, refere-se ao novo bairro nobre de Brasília, o Noroeste, inaugurado no final de 2012 em meio a um rol problemas urbanos.

A falta de estrutura, no entanto, não impediu que o bairro fosse um dos mais valorizados da capital – e até do país. Segundo a imobiliária Lopes Royal, que lançou 41 empreendimentos no novo setor, o preço médio do metro quadrado no Noroeste é de R$ 11.160.

O valor equivale ao preço do metro quadrado do bairro mais caro de São Paulo, a região do Ibirapuera/Vila Nova Conceição, que, em dezembro, liderou o ranking dos bairros mais valorizados, com R$ 11.284 por metro quadrado, segundo o índice Fipe/Zap, elaborado pela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisa Econômica) e pela Zap Imóveis. O valor é também superior ao tradicional bairro paulistano dos Jardins, onde o metro quadrado sai por R$ 9.814.

No entanto, nas unidades de alto padrão do Noroeste, com metragem acima de 250 metros quadrados, o valor sobe para R$ 13.300 por metro quadrado. Ainda de acordo com a imobiliária Lopes Royal, as unidades pertencentes ao segmento alto padrão apresentam 76% das unidades vendidas.

O valor só não é superior ao metro quadrado dos bairros mais valorizados do Rio de Janeiro, onde a região mais cara, o Leblon, chega a custa R$ 18.332 por metro quadrado, o mais caro do Brasil. A média da metragem em Brasília é de R$ contra R$ 7.859, ainda segundo o índice Fipe/Zap.

De acordo com informações da Terracap (Companhia Imobiliária de Brasília, estatal que administra as terras públicas do Distrito Federal ), até 2012, 129 imóveis já haviam sido comprados pelas construtoras, somando um valor de quase R$ 1,730 bilhão. No total, o Noroeste terá 20 quadras residenciais com 220 prédios e 24 quadras comerciais. A estimativa é 40 mil pessoas residam no local.

Bairro verde

Idealizado como "bairro verde" na proposta original, o Noroeste deveria ser um modelo sustentável. A lista de itens da "gestão ambiental" é grande e inclui a obrigação do uso de sistemas de aquecimento solar, a reutilização de água, o uso de materiais reciclados e estacionamentos com pavimentação permeável.

No projeto também constam três espaços verdes: a Aire (Área de Relevante Interesse Ecológico) do Bananal, de aproximadamente 100 hectares; e a Arie Cruls de 55 hectares (a mesma que está protegida pela sentença cautelar); e o parque Burle Marx, de 280 hectares. No entanto, o parque conta com apenas 4% da obra executada, tendo até o momento um valor gasto de mais R$ 1,341 milhão.

A principal reclamação relacionada ao bairro que pretende ser "o mais moderno do país" se refere, contudo, à infraestrutura disponível. Os moradores da quadra 110 já têm a carta de Habite-se (que autoriza a utilização efetiva das edificações) e outras seis quadras aguardam a Licença de Operação do Ibram para receber o documento. Porém, o Noroeste ainda não dispõe de serviços básicos como iluminação pública (à noite há segurança particular devido à falta de luz) e tem sofrido com a lama ocasionada pela falta de calçamento e pelas chuvas, frequentes nessa época do ano. Além disso, falta sinalização para diferenciar os endereços.

A Terracap afirma que os prédios podem ser entregues mesmo antes da conclusão total das obras de infraestrutura, pois as vias nas áreas ocupadas inicialmente estarão pavimentadas e os imóveis serão atendidos com energia elétrica (particular, disponibilizada pela Companhia Energética de Brasília), água e esgotamento sanitário.

Pioneiros do Noroeste

Mesmo com esse cenário pouco animador, o Noroeste já tem seus primeiros moradores. O único edifício habitado até agora está localizado na quadra 110 e tem cinco apartamentos ocupados. "Aqui o mais barato custa R$ 1,4 milhão, mas os preços variam com número de quartos e o andar", afirma Francisco Xavier, porteiro do edifício que mora em um bairro a mais de 25 quilômetros do trabalho e lembra que ainda não há transporte público para o local.

Morador do Noroeste desde o final de dezembro, Edeval Rodrigues da Matta diz não se incomodar com a infraestrutura precária nestes primeiros meses. Em meio às obras de reforma que também ocupam seu apartamento, o servidor público afirma acreditar no potencial bairro. Só reclama que o serviço que, apesar de já ter um CEP (código de endereçamento postal), não consegue comprar nada pela internet: "As empresas ainda não atualizaram essa informação", conta.

Outra servidora pública, Mariana Dantas, também tem uma visão otimista: "Acho que a estrutura é precária, mas é compreensível. Todo bairro novo é um canteiro de obras que vai se acertando aos poucos. O que atrasa tudo é a burocracia. Trabalho setor público e sei que às vezes tudo caminha dentro do prazo, mas se algo falha em algum momento, muitas vezes o processo deve ser iniciado de novo", argumenta. Como a maioria, Mariana ainda aguarda pela entrega do apartamento.

Diferentemente dos "vizinhos", um outro comprador, que está se preparando para mudar e não quis se identificar, discorda: "O governo está cometendo exatamente os mesmos equívocos de antes. É um absurdo liberar o Habite-se, mas não ter iluminação pública, isso prejudicou inclusive o andamento das obras", critica. Para ele o GDF prometeu muita coisa que não será capaz de cumprir nem agora, nem depois. Morador da Asa Norte, ele afirma ainda que só está se mudando nessas condições porque não tem outra opção.

De acordo com informações da Terracap, toda a infraestrutura básica, exigida pela lei 6.766/79 (que regulamenta o parcelamento do solo urbano) está em execução e a prioridade é a execução das obras de infraestrutura nas quadras com imóveis vendidos e onde as empresas já estejam construindo. Esta norma abrange as redes de abastecimento de água, esgotamento sanitário, drenagem pluvial, energia elétrica, iluminação pública e pavimentação asfáltica.

Até o momento, foram executados 70% da rede de drenagem pluvial e da pavimentação asfáltica. As redes de energia elétrica, abastecimento de água e esgotamento sanitário estão em fase inicial de implantação, porém existem redes provisórias para atendimento às primeiras unidades. O prazo previsto para conclusão das obras de infraestrutura na primeira etapa é dezembro de 2013 e na segunda em dezembro de 2014.

Outro problema enfrentado pelos moradores é a ausência de comércio – ainda não há nenhuma quadra comercial funcionando. A previsão é de que a primeira seja inaugurada em dois meses. Os operários da construção civil que trabalham na região são obrigados a recorrer a vendedores ambulantes para almoçar ou fazer um lanche.







http://noticias.uol.com.br/cotidiano...aestrutura.htm
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #187  
Old Posted Feb 3, 2013, 12:28 PM
chicojunior chicojunior is offline
Registered User
 
Join Date: Jan 2013
Posts: 2
A terracap vende terrenos a preços altos e não cumpre o que promete, a infra-estrutura básica(luz, telefone, segurança, calçadas) . Os pioneiros vão sofrer por um tempo ainda...

Last edited by chicojunior; Feb 3, 2013 at 12:39 PM.
Reply With Quote
     
     
  #188  
Old Posted Feb 3, 2013, 2:07 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,505
Seja Bem-vindo ChicoJunior
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #189  
Old Posted Feb 3, 2013, 8:21 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 23,856
Quote:
Originally Posted by chicojunior View Post
A terracap vende terrenos a preços altos e não cumpre o que promete, a infra-estrutura básica(luz, telefone, segurança, calçadas) . Os pioneiros vão sofrer por um tempo ainda...
Me desculpe, quais garantias o GDF deu para entregar tudo PRONTO? Quem está entregando é as construtoras. Esqueceram também as liminares para impedir as obras. Então o problema não é do GDF, é sim, da justiça e dos pseudos indios caras pálidas. O Pajé tem uma Pajero. Desde quando um indio, que nem aldeia tem, tem uma Pajero?
Reply With Quote
     
     
  #190  
Old Posted Feb 13, 2013, 2:21 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 23,856
Parece que agora, o empreendimento Nova Brasília, localizado na região do ABC vai sair do papel.

Trata-se de um bairro planejado próximo a Brasília, capital federal. O projeto reúne imóveis comerciais e residenciais, além de ciclovias, praças, parques, lojas e mata nativa preservada. Realizado em parceria com a Damha, o empreendimento conta com um loteamento residencial de 3,5 milhões de metros quadrados, onde serão construídas aproximadamente 3.000 unidades.

Dividido em oito grandes subáreas, irá contemplar, entre outros benefícios, amplas áreas verdes, um parque linear (que também será utilizado pela população das imediações), áreas institucionais, comerciais (com previsão de prédios comerciais, supermercado, stripmall e shopping), além de lotes onde serão desenvolvidas incorporações imobiliárias residenciais.

Fonte: http://www.wtorre.com.br/index.php/i...dade-ocidental
Reply With Quote
     
     
  #191  
Old Posted Feb 13, 2013, 2:25 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 23,856
Agora eu estou curioso, pois pra região tem dois projetos, um Outlet Center que seria construído pela construtora Vértico, que faz parte da WTorre. E também daquele empreendimento denominado Retail Center Park Brasília. Ambos postados no forum aqui. A região irá bombar, pois terá os seguintes empreendimentos.

Shopping Bosque dos Pinheiros
Jereissati Centros Comerciais
área do terreno: 800.000 m2
área construída (ABL): 250.000 m2

Outlet Center Nova Brasília
Vertico Engenharia
área do terreno: nda
área construída (ABL): nda

Strippmall Nova Brasília
Vértico Engenharia
área do terreno: nda
área construída (ABL): nda

Santa Mônica Mall
JC Gontijo Engenharia
área do terreno: nda
área construída (ABL): nda
Reply With Quote
     
     
  #192  
Old Posted Feb 13, 2013, 2:46 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 23,856
Reply With Quote
     
     
  #193  
Old Posted Feb 13, 2013, 3:17 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 23,856
E tem mais novidades para 2013....

A Companhia desenvolveu oportunidades através da identificação de uma crescente demanda por áreas adjacentes a centros urbanos para desenvolvimento de incorporações focadas na população da classe média.

Ainda mantendo o foco em produção em larga escala, adquirimos neste ano uma área de aproximadamente 3,5 milhões de metros quadrados em Cidade Ocidental, nas adjacências de Brasília. Este projeto prevê o desenvolvimento de loteamento e posterior construção de 9.000 unidades habitacionais para público de classe média, levando em consideração premissas do “novo urbanismo”, focado na qualidade de vida e no conceito de “walking distance”. Neste mesmo empreendimento será construído o primeiro Shopping Outlet da região do Distrito Federal que deverá alavancar o desenvolvimento deste marco urbanístico.

Firmamos parceria com a Rossi Residencial para o desenvolvimento de um projeto em Sobradinho, DF, numa área de 1,6 milhões de m2 localizado a menos de 20 km do Plano Piloto, que deverá receber 6.463 unidades habitacionais, office e health park, além de shoppings e comércio local.

Fonte: http://www1.valoronline.com.br/sites...idencial_c.pdf
Reply With Quote
     
     
  #194  
Old Posted Feb 13, 2013, 3:34 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,505
Quote:
Firmamos parceria com a Rossi Residencial para o desenvolvimento de um projeto em Sobradinho, DF, numa área de 1,6 milhões de m2 localizado a menos de 20 km do Plano Piloto, que deverá receber 6.463 unidades habitacionais, office e health park, além de shoppings e comércio local.
Agora fiquei curioso com isso, então Sobradinho vai ganhar um Shopping de qualidade que venha algo decente, ao menos no estilo do Boulevard Shopping da Asa norte
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #195  
Old Posted Feb 13, 2013, 3:37 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 23,856
Quote:
Originally Posted by MAMUTE View Post
Agora fiquei curioso com isso, então Sobradinho vai ganhar um Shopping de qualidade que venha algo decente, ao menos no estilo do Boulevard Shopping da Asa norte
Mais se for a 20 km do Plano Piloto, deverá ficar na DF 150. Ali eu fiquei sabendo de um monte de construtoras tem terrenos ali, como PO, Odebrecht, até a Multiplan, que administra o Park Shopping.

O que um aeroporto de Jatos Executivos faz de melhorias na região de Sobradinho. Fiquei sabendo que eles ainda não lançaram, devido a aprovação das LUOS. Pois pelo PDOT já está liberado. E pelo visto, será um shopping center, um centro empresarial e um centro clinico.

Vai que seja um como esse aqui.
http://www.vertico.net.br/site/shopp...erna.php?id=35
Reply With Quote
     
     
  #196  
Old Posted Feb 13, 2013, 3:47 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,505
Essas Localidades, Sobradinho e Planaltina quando ganharem seus aeroportos vão atrair muitos investimentos de todos os tipos, o GDF vai investir muito para desafogar o transito da região, Vias marginais na 020, corredor exclusivo, via que ligará Sobradinho/Lago Norte/L4 Norte e muito mais, com isso os investidores caem matando investindo fortunas nessas localidades, isso que todos nós queremos
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #197  
Old Posted Feb 13, 2013, 4:20 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 23,856
Sem duvida, essas localidades distantes do Plano Piloto já passou da hora de vir econômico independente. Espero que nenhum MP da via venha embargar essas pretensões do GDF.
Reply With Quote
     
     
  #198  
Old Posted Feb 13, 2013, 12:38 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,505
Quote:
Originally Posted by pesquisadorbrazil View Post
Firmamos parceria com a Rossi Residencial para o desenvolvimento de um projeto em Sobradinho, DF, numa área de 1,6 milhões de m2 localizado a menos de 20 km do Plano Piloto, que deverá receber 6.463 unidades habitacionais, office e health park, além de shoppings e comércio local.

Fonte: http://www1.valoronline.com.br/sites...idencial_c.pdf

Por ser a menos de 20 Km do Plano Piloto (região central) só pode ser na antiga fazenda Paranoazinho, pois o PDOT da região de Sobradinho permite edificações no local, e ali se for bem planejado vai ficar legal, com um shopping na beira da BR desde já quero ver o projeto
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #199  
Old Posted Feb 13, 2013, 3:39 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 23,856
Quote:
Originally Posted by MAMUTE View Post
Por ser a menos de 20 Km do Plano Piloto (região central) só pode ser na antiga fazenda Paranoazinho, pois o PDOT da região de Sobradinho permite edificações no local, e ali se for bem planejado vai ficar legal, com um shopping na beira da BR desde já quero ver o projeto
Mais pode tambem ser perto da EPCL ou Estrada Parque do Contorno, ou como queiram, DF 001, ali bem frente do Taquari, se repararem no GE, tem uma gigantesca área verde ali. E fazendo os calculos pela régua do GE, tanto o aeroporto quanto esse empreendimento Wtorre/Rossi Engenharia ficariam ali. Claro se estiverem exatos 20 km de distancia da rodoviária do PP.
Reply With Quote
     
     
  #200  
Old Posted Feb 13, 2013, 4:00 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 23,856
Eu queria ver a cara de certos corretores, falando que o Alphaville fica no FIM DO MUNDO. Quando na verdade, o lugar, vai virar o centro das atenções depois da SATURAÇÃO do Plano Piloto, que está muito próximo. E terrenos, o lugar tem de sobra. E sem as armarras do tombamento, da Prourb e do Ibram.
Reply With Quote
     
     
This discussion thread continues

Use the page links to the lower-right to go to the next page for additional posts
 
 
Reply

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Regiões Metropolitanas Mundiais
Forum Jump


Thread Tools
Display Modes

Forum Jump


All times are GMT. The time now is 3:15 AM.

     

Powered by vBulletin® Version 3.8.7
Copyright ©2000 - 2021, vBulletin Solutions, Inc.