SkyscraperPage Forum

SkyscraperPage Forum (https://skyscraperpage.com/forum//index.php)
-   Regiões Metropolitanas Mundiais (https://skyscraperpage.com/forum//forumdisplay.php?f=688)
-   -   Shopping Center do Distrito Federal - Movimentações no Setor (https://skyscraperpage.com/forum//showthread.php?t=193978)

MAMUTE Sep 30, 2011 2:28 AM

:previous:Passei lá no boulevard hoje pela manhã, reparei um espaço vazio ao lado do subway, se não me engano era um bob's, mas creio que seja muito pequeno o espaço para ser um MC donalds, só pode ser ao lado do viena, que por sinal e muito bom, não tive tempo para experimetar um prato mas ainda vou lá experimentar:eat:

http://3.bp.blogspot.com/_CjGXuLxjRQ...boulevard2.jpg


O espaço que pode ser é esse maior da praça de alimentação o da direita...o da esquerda e o novissimo Viena...

pesquisadorbrazil Sep 30, 2011 2:34 AM

O espaço fica ao lado do Viena Express. Pois naquela área tem 2 áreas para restaurantes de grande porte. Um fico com o Viena e o outro possivelmente com Mc Donalds. Nessa planta mostra claramente os 2 grandes restaurantes.

pesquisadorbrazil Oct 3, 2011 1:55 AM

Estamos em contagem regressiva para inauguração das salas de cinema no CASAPARK, faltam 28 dias... É previsão é claro. Inicialmente serão 8 salas e depois mais 2, eu tenho a desconfiança dessas duas salas serem inauguradas depois, por serem salas premium...

MAMUTE Oct 3, 2011 2:00 AM

:previous:Podia ter uma sala tipo IMAX seria ótimo:cheers:

pesquisadorbrazil Oct 5, 2011 6:45 PM

Kalunga desembarca no Sul e nega venda da rede

SÃO PAULO - A varejista de material de escritório Kalunga está investindo cerca de R$ 25 milhões este ano para expandir suas fronteiras. A empresa, dona de 70 lojas em cinco Estados e no Distrito Federal, abre até o início de novembro uma unidade em Porto Alegre. Este ano, a rede também desembarcou em Santa Cataria. “Os Estados do Sul estão entre as nossas prioridades de expansão, ao lado de Goiânia, Brasília e Rio de Janeiro”, diz o gerente comercial da Kalunga, Hoslei Pimenta. Até o fim de dezembro, a Kalunga deve abrir mais 10 lojas.

A empresa nega que esteja procurando um comprador, conforme notícia veiculada pela imprensa nos últimos dias. “No passado, já fomos sondados por grandes redes mundiais e por fundos de investimento, mas não existe nada no momento”, afirma Pimenta. Duas potenciais interessadas no passado foram as americanas Staples e Office Depot.

Este ano, o faturamento da Kalunga deve atingir R$ 1,2 bilhão, com crescimento de 20% sobre o total de 2010. O mix de informática, como notebooks e impressoras, representa 55% das vendas da empresa. Segundo Pimentel, a rede ainda não sentiu retração nas vendas de informática por conta do aumento dos juros. “Nossa venda parcelada pode chegar até 10 vezes sem juros no cartão, dependendo da negociação fechada com o fabricante”, afirma. “Mas acreditamos que isso pode acontecer em um futuro próximo”. Hoje, mais de 70% das vendas da Kalunga são para escritórios.

(Daniele Madureira | Valor)

Fonte: http://www.valor.com.br/empresas/103...-venda-da-rede

pesquisadorbrazil Oct 5, 2011 6:47 PM

Eu fui informado que essa loja será em Águas Claras, possivelmente dentro do Taguatinga Shopping. Se é algo ainda esse ano, a loja deve estar entrando numa loja ancora que está saindo do shopping. Será o Ponto Frio ou Casas Bahia, pois conforme o CADE, conforme a fusão, lojas próximas uma das outras deverão ser fechadas. Uma das 2 vai rodar.

MAMUTE Oct 5, 2011 8:40 PM

:previous:Podiam colocar uma FAST shop no lugar de uma das duas ou das duas, claro que uma fast shop tem que ter uma área bem grande, mas podia ser:yes::cool:

MAMUTE Oct 6, 2011 5:31 PM

Shoppings esperam crescimento de 13% nas vendas para o Dia das Crianças

Os shoppings centers esperam um crescimento de 13% nas vendas para o Dia das Crianças deste ano, em comparação com a mesma data comemorativa do ano passado, segundo a Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce).



Como o feriado cairá no meio da semana, a expectativa é de maior movimento nos centros de compras. Brinquedos, artigos de vestuário e eletrônicos devem liderar as vendas na data. A previsão média de gastos é de R$ 80.





http://www.jornaldebrasilia.com.br/s...368300&secao=N

MAMUTE Oct 6, 2011 5:33 PM

:previous:Eu acho 13% de crescimento muito, deve girar em torno dos 8/9%:yes:

MAMUTE Oct 7, 2011 3:57 PM

Vou postar algumas fotos que tirei do futuro shopping em Luziânia, nesta quarta feira:tup:

Essa foto tirei próximo ao Ginasio municipal, bem pertinho tem um Giraffas e um Subway:cheers:
http://i856.photobucket.com/albums/a...e/Foto0175.jpg

Vemos que ficará muito alto essas torres
http://i856.photobucket.com/albums/a...e/Foto0176.jpg

http://i856.photobucket.com/albums/a...e/Foto0178.jpg

Um residencial bonitinho
http://i856.photobucket.com/albums/a...e/Foto0179.jpg

na avenida de baixo tem um Giraffas, e na rua a esquerda dessa tem um Subway
http://i856.photobucket.com/albums/a...e/Foto0180.jpg

Em fase de acabamento
http://i856.photobucket.com/albums/a...e/Foto0181.jpg

http://i856.photobucket.com/albums/a...e/Foto0182.jpg

Mais de perto
http://i856.photobucket.com/albums/a...e/Foto0183.jpg

http://i856.photobucket.com/albums/a...e/Foto0184.jpg

http://i856.photobucket.com/albums/a...e/Foto0185.jpg

HLbsb Oct 7, 2011 8:13 PM

:previous:

É bem comum no Brasil vermos um monte de casas e no meio um prédio desproporcional mas ainda me assusto quando vejo...

pesquisadorbrazil Oct 8, 2011 2:51 PM

Overboard expande plano de prospecção em Goiânia

Overboard iniciou suas operações em 1989, quando inaugurou sua primeira loja na cidade de São Paulo, no bairro de Santana

Após 20 anos, inserida no segmento de surfwear e streetwear, a rede projetou sua expansão no formato de franquias e conta atualmente com 13 lojas, sendo onze próprias e o restante no sistema de franchising. A representatividade da marca alcança as cidades de São Paulo, Santo André e Campinas.

Os planos de expansão da marca são ambiciosos. Para cada ano, presente no mercado, 5 unidades serão inauguradas em diversas regiões brasileiras.

“Nosso plano de expansão é baseado no sistema de franchising, sendo que focamos cidades importantes nos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília tanto nas capitais como interior. O objetivo do departamento de franquias é a abertura de mais 25 unidades, em cinco anos e as praças de expansão estão sendo negociadas, pois recebemos futuros franqueados toda semana em nossa sede”, comenta Silvia Amaro, gerente de expansão da rede.

Com o balanço feito em relação ao crescimento do ano de 2010 comparado ao de 2009, a rede teve uma média de 26,02% de crescimento de faturamento e para o ano de 2011 acredita que este número terá um aumento de mais 32%. Este crescimento deve-se, dentre outros fatores, ao plano de fidelização dos clientes Overboard. Criado há quase dez anos, o cartão de fidelidade da marca conta com 312 mil clientes cadastrados. A receita registrou aumento médio de 30% após a adoção da estratégia de marketing de relacionamento. "Foi o melhor programa que já fizemos. Hoje 65% dos fidelizados usam nossos cartões com freqüência. Criamos o cartão porque precisávamos estabelecer diferenciais que nos distanciassem da concorrência”, explica João Luiz Perez diretor da Overboard.

Overboard já está em sua 2ª década atuando no comércio varejista. Seu grande diferencial, como modelo de negócio "franquia", é o estreitamento do relacionamento entre franqueado e franqueador, oferecendo aos parceiros total suporte e assessoria em todos os momentos, seja na prospecção inicial do negócio e aquisição do ponto comercial, até na operação da loja no dia a dia, tornando assim, até mesmo para um franqueado que nunca atuou no varejo, absoluto sucesso no novo negócio.

Atualmente, o principal diferencial da rede, é oferecer serviços extras e úteis para atrair, fidelizar e satisfazer seus consumidores tais como conserto de pranchas de surf (disponível em todas as lojas), transporte com a Trip Van e banho de água doce para os clientes fiéis que surfam no Guarujá.”Além desses serviços também levamos nossos clientes para Ubatuba, Maresias e podem ser feitas barcas exclusivas para outras praias, além disso temos guarda-sol e tenda nos principais eventos de surf”, explica João Luiz..

Em Santana, a primeira loja da rede existe, aos sábados, a assessoria técnica na hora de comprar a prancha dos sonhos, além do cyber café.

Outras vantagens exclusivas dos clientes com o cartão fidelidade são os descontos e bônus para efetuarem compras gratuitas e ganharem muitos brindes.

Por priorizar a excelência de produtos, em sua cartela de clientes conta com marcas consagradas como: Oakley, Quiksilver, Rip Curl, Billabong, MCD, Volcom, Hurley, Reef, Lui Lui, Globe, dentre outras.

Fonte: BONNE PRESS
Fonte: http://www.guiasweb.com.br/noticia_4...em_goiania.htm

MAMUTE Oct 8, 2011 5:10 PM

Barbara Strauss no Taguatinga Shopping


Grife de joias contemporâneas estreia no centro de compras com a coleção de primavera Mulheres Que Criam

O Taguatinga Shopping deu as boas vindas à grife de joias contemporâneas Barbara Strauss no dia 30 de setembro. Como luxo e requinte são as principais características da marca, os convidados presentes à inauguração na cidade mineira receberam garrafas de Baby Chandon personalizadas, além de um “mimo” surpresa na saída do evento.

Instalada no piso 2 do centro de compras, esta é a segunda franquia comandada por Leonardo Oliva. O empresário fala de suas expectativas sobre o novo espaço no Taguatinga Shopping. “Estamos ansiosos para apresentar o bom gosto e a elegância das joias contemporâneas Barbara Strauss para as mulheres de Taguatinga e região. Além de serem bonitas por natureza, elas merecem usar acessórios com excelente custo benefício”, afirma Oliva.

A loja vai estrear com a nova coleção de primavera Mulheres que Criam, que traz a borboleta como símbolo de liberdade e independência.


Sobre a Barbara Strauss - A grife é pioneira em joias contemporâneas no Brasil. Desenvolvidas pela estilista Cristiane Barbara Strauss, dita as tendências do mundo na moda por meio de quatro coleções anuais – uma para cada estação do ano.

Seguindo uma série que exaltam as Mulheres Contemporâneas, a Barbara Strauss lança a Coleção Mulheres que Criam. A atual, de primavera, encoraja a mulher a explorar a liberdade, um momento de criar e recriar uma nova atitude, embalada pelo novo que nasce nessa estação. São mais de 20 lojas, espalhadas pelo Brasil.

Fonte: Vitrine Capital







http://www.tormo.com.br/noticias/812..._Shopping.html

MAMUTE Oct 9, 2011 1:18 PM

Feliz Natal para Ceilândia



Novo shopping da cidade, localizado na Avenida Hélio Prates, ao lado de Taguatinga, tem suas lojas e salas vendidas e deverá ficar pronto em dezembro de 2013. Complexo vem para mexer com a economia da cidade


O Entorno recebeu, no último sábado (1º), um grande presente: o lançamento de vendas do Ceilândia Plaza Shopping & Tower. A entrega do empreendimento está prevista para dezembro de 2013, como forma de comemorar o Natal. A PaulOOctavio Investimentos Imobiliários é a responsável pela novidade, que ficará situada entre Ceilândia e Taguatinga, atuando como incorporadora, construtora e imobiliária. Além disso, a Beiramar Imóveis fez uma parceria com a empresa e ajudará nas vendas.


O empresário Paulo Octávio disse considerar importante homenagear essas cidades. “Esse é um shopping que vai mudar a vida dos moradores da região, proporcionando um local de lazer, cultura, adequado aos tempos modernos. Chegou a hora de uma cidade com essa importância ter um complexo com seu nome”. O complexo contará com cinco salas de cinema, clinicas, restaurantes, centro de convivência, torre de salas e escritórios, um empreendimento que vai valorizar toda a região.


http://comunidade.maiscomunidade.com...6740964bdaa58c

O empresário Paulo Octávio, presidente do grupo, ao centro, disse que o shopping será um local de encontro em Ceilândia e vai mudar a rotina da cidade


“Pretendemos entregá-lo em dezembro de 2013 e, assim como os outros shoppings que fizemos (Brasília Shopping, Terraço Shopping, Taguatinga Shopping e Shopping Iguatemi), que mudaram a face das regiões onde se encontram, esse também vai mudar. É um shopping bem elaborado, bem feito, , com boas lojas. Isso impacta e oferece boas as condições e é um local de encontro”, garante Paulo Octávio.


A empresária Cláudia Franklin comprou metade de um andar do shopping e estava emocionada. “São sete salas, onde vamos abrir uma filial da clínica Artemis (com especialidade em ginecologia, dermatologia, pediatria, alergia, entre outras). Ceilândia é nosso público-alvo e tem um grande potencial em todas as áreas, além de termos uma clientela grande dessa região. Vamos poder ter um público melhor e as pessoas que moram aqui não precisarão mais se deslocar para Taguatinga Centro, onde temos a outra clínica”, observa.


As salas foram vendidas em 24 horas. As lojas, no primeiro dia, já tinham mais de 50% de vendas. A expectativa é de que em 15 dias se encerre toda a comercialização. “Vamos abrigar 200 operações, das mais diversas possíveis. É o que faltava nessa região, uma das mais populosas do DF, com uma renda familiar média alta e que não tinha um centro de compras com esta envergadura”, afirmou Paulo Octavio.




Empreendimento muda a vida na cidade
Também pensando no sucesso do complexo, Lara Aparecida Soares comprou uma sala comercial para montar uma clínica especializada em olhos. “Moro em Águas Claras e acho o local muito promissor. Será uma clínica de referência em oftalmologia para atender pessoas de todo o Entorno do Distrito Federal”, entusiasma-se.


Marcílio Bione, diretor técnico de engenharia da PaulOOctavio, diz que o trabalho começou há um ano. “Este é um projeto totalmente arrojado. Será um shopping ponta de linha em Ceilândia, vai ser de uma rapidez fora de série. Como engenheiro, vi a cidade no principio, fiz quase 4.500 casas e fico muito feliz em trazer tudo que é de moderno e o que Ceilândia não tinha. Será algo imensurável para a comunidade”.


http://comunidade.maiscomunidade.com.../PNUImagem.jpg
Lara Aparecida comprou uma sala comercial no shopping

Pedro Ávila, diretor comercial da PaulOOctavio, diz que o pessoal liberal terá mais conforto e segurança com o complexo. “É um projeto pioneiro, único, que não tem na cidade. Complexo com lojas, vagas de estacionamento abundantes. Além disso, tem uma torre de 460 salas que vai propiciar um público cativo para o shopping. Ceilândia é carente de salas e por isso vamos propiciar tudo que a cidade precisa”, ressalta.

Ele conta que fizeram o convite à Beiramar Imóveis para apoiá-los nas vendas. “Será um shopping de lazer com cinema, área de fast food. A gente vai gerar um fluxo de mais ou menos um milhão de pessoas por mês, é um volume considerável, que influenciará toda a área primária, secundária e terciária da economia. É muito importante ter um shopping que é um ponto de encontro, um local que agrega muito valor à população, a todos que convivem ao lado dele”, diz.








http://comunidade.maiscomunidade.com...ILANDIA.pnhtml

MAMUTE Oct 9, 2011 1:22 PM

:previous:As salas foram vendidas em menos de 24Horas, isso me lembra os velhos tempos de bonança, onde se vendiam apartamentos aos kilos;)

Similar Oct 9, 2011 6:37 PM

Quote:

Originally Posted by MAMUTE (Post 5438548)
:previous:As salas foram vendidas em menos de 24Horas, isso me lembra os velhos tempos de bonança, onde se vendiam apartamentos aos kilos;)

Acho que há demanda reprimida em Brasília por salas comerciais de verdade, que não virem residências disfarçadas, como fizeram no C.A. do Lago Norte.

E parece que Taguatinga/Ceilândia/Águas Claras vão receber a maioria desses prédios, já que o terreno é mais barato que no Plano Piloto...

pesquisadorbrazil Oct 10, 2011 6:11 PM

Quote:

Originally Posted by Similar (Post 5438782)
Acho que há demanda reprimida em Brasília por salas comerciais de verdade, que não virem residências disfarçadas, como fizeram no C.A. do Lago Norte.

E parece que Taguatinga/Ceilândia/Águas Claras vão receber a maioria desses prédios, já que o terreno é mais barato que no Plano Piloto...

Em tese sim, essa região vai receber vários empreendimentos EMPRESARIAIS. Agora empreendimentos CORPORATIVOS vão continuar se situando no Plano Piloto.:tup:

pesquisadorbrazil Oct 10, 2011 6:12 PM

Casa nova
Postado por: Rodrigo Uchoa Seção:consumo, Estilo de vida

A 284 abre nesta semana uma loja no shopping Iguatemi de São Paulo e planeja outras duas até dezembro (no Market Place e no shopping Mueller, de Curitiba), totalizando dez unidades. Para 2012, a meta é ter outras sete lojas próprias fora de São Paulo. Estão sendo estudadas capitais como Brasília, Belo Horizonte, Curitiba e Porto Alegre. Deve começar também no ano que vem, segundo Dinho, a expansão da 284 por franquias. "Neste ano abrimos lojas menores do que estamos habituados, de cerca de 65 m2, para testar a operação nesses espaços, pois é assim que devem ser as franquias - para diminuir o custo para o franqueado." Essas lojas devem ser instaladas em cidades perto de onde já exista alguma loja da 284, para otimizar os investimentos de marketing.

Fonte: http://www.valor.com.br/cultura/blue...3824/casa-nova

pesquisadorbrazil Oct 10, 2011 7:25 PM

Estive olhando ontem o PPA do GDF e me deparei com um dado interessante. A cidade já bateu os R$ 140.560.000.000,00 ou (cento e quarenta bilhões e quinhentos e sessenta milhões de reais) com uma população de 2.570.100. Então o PIB per capita é R$ 57.976,65.

E observando o ano anterior, eu fiquei admirado, pois o crescimento foi da ordem de 15 bilhões e 800 milhões de reais. E se mantivermos o mesmo crescimento, até a COPA, bateremos 190 bilhões.

Claro, esse aumento não leva em consideração o fator COPA ou Universiade que será decidida sem vai ocorrer em Brasília em 2017.

HLbsb Oct 11, 2011 1:39 PM

:previous:

Tinha visto esses dados. Uma publicação da Codeplan traça um parametro entre o crescimento da economia do DF e a economia brasielira nos anos de 2009 (crise) e 2010.:

http://www.codeplan.df.gov.br/sites/...6/00000606.pdf

Em 2009 o crescimento real da economia brasielira foi de -0,6%, enquanto o DF cresceu 1,8% em relação a 2008. Esse desempenho teve relação direta com o crescimento da industria e agricultura no DF em 2009, enquanto esses setores cairam no país.

Em 2010 o DF cresceu 3,6% e o país 7,5%. A variação de 2008 a 2010 foi:

País - 6,85%
DF - 5,46%

O IBGE só vai publicar os dados detalhados de 2009, com cada estado e município, na segunda primeira de dezembro. De toda forma, os estados mais industrializados foram os que sentiram o maior baque. Outra notícia que já vi circulando é que as maiores taxas de crescimento após 2009 estão em estados como Pernambuco e Mato Grosso.

Gostaria de ver logo esses dados porque Brasília teve um incremento muito grande nos últimos anos e se aproxima cada vez mais do município do Rio de Janeiro, que tem hoje o segundo maior PIB municipal, mas cresce a um ritmo bem menor do que as outras metrópoles...


All times are GMT. The time now is 7:28 AM.

Powered by vBulletin® Version 3.8.7
Copyright ©2000 - 2020, vBulletin Solutions, Inc.