HomeDiagramsDatabaseMapsForum
     

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Projetos - Arquitetura

About The Ads  This week the ad company used in the forum will be monitoring activity and doing some tests to identify any problems which users may be experiencing. If at any time this week you get pop-ups, redirects, etc. as a result of ads please let us know by sending an email to forum@skyscraperpage.com or post in the ads complaint thread. Thank you for your participation.


Reply

 
Thread Tools Display Modes
     
     
  #81  
Old Posted Oct 27, 2011, 6:58 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,878
Operários fazem nova paralisação na obra do Estádio Nacional de Brasília


Ainda não há previsão para que as obras sejam retomadas, afirma sindicato.
Trabalhadores foram liberados por "questões de segurança", diz consórcio.




Os 2.300 operários, entre pedreiros e serventes, que trabalham na construção do Estádio Nacional de Brasília fazem nova paralisação nesta quinta-feira (27). Os trabalhadores realizaram uma assembleia nesta manhã e decidiram manter suspensas as obras. Entre as reclamações dos trabalhadores estão o salário - que variam de R$ 650 a R$ 1 mil; a falta de alojamento; a qualidade da comida servida e a higiene na manipulação dos alimentos.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil e Mobiliário do Distrito Federal, ainda não há previsão para que os trabalhos sejam retomados.



Operários do Estádio Nacional de Brasília fazem
nova paralisação. Trabalhadores cobram melhores
condiçõesde trabalho.


O Consórcio Brasília 2014, responsável pela obra, informou que os trabalhadores foram liberados pelo segundo dia consecutivo para que as negociações fossem retomadas e por “questões de segurança”.

A assessoria do consórcio afirmou que na assembleia realizada nesta quinta os trabalhadores rejeitaram as propostas definidas em reunião na última quarta (26) e que ainda faltariam discutir apenas três pontos remuneratórios. O Consórcio Brasília 2014 ficou de divulgar uma nova nota sobre a paralisação dos operários na tarde desta quinta.

O G1 entrou em contato com a assessoria do GDF, que informou que não irá se pronunciar sobre o assunto, uma vez que é os operários são terceirizados pelo Consórcio Brasília 2014.

Nesta quarta-feira, os funcionários paralisaram os serviços para pedir melhores condições de trabalho. O vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil e Mobiliário do Distrito Federal, Raimundo Salvador, participou das negociações nesta quarta. Ele informou que continuará no processo de negociação nesta quinta.


“Tivemos um grande avanço nesta quarta, mas hoje ainda precisamos negociar alguns pontos”, explicou Salvador.

De acordo com o vice-presidente, os trabalhadores ainda reivindicam aumento nos valores das produtividades e nos percentuais de horas extras, melhorias nas questões de alimentações e segurança no canteiro de obras, planos de saúde e odontológico e recesso de fim de ano. “A construção civil tem essa característica de valores de produtividades. Ainda não há previsão para que as obras voltem à normalidade”, disse.

O Estádio Nacional de Brasília foi escolhido pela Fifa para receber da Copa das Confederações, em 2013.

Brasília também vai receber sete partidas da Copa do Mundo de 2014, inclusive a disputa pelo terceiro lugar. Segundo o Consórcio Brasília 2014, as paralisações dos trabalhadores não vão alterar a data de entrega do estádio, prevista para o dia 31 de dezembro de 2012.

Veja íntegra da nota divulgada pelo consórcio nesta quarta-feira (26):

“O Consórcio Brasília 2014, responsável pelas obras do Estádio Nacional de Brasília, vem prestar as seguintes informações sobre o ocorrido nesta quarta-feira (26/out):

- Os trabalhos na obra vinham se desenvolvendo normalmente até a manhã de hoje, quando parte dos operários realizou um piquete;

- Uma vez que não houve qualquer comunicação prévia da parte dos trabalhadores, o Consórcio imediatamente solicitou a presença do sindicato da categoria para ouvir, de forma organizada, os líderes sindicais e entender os motivos da paralisação;

- Uma comissão formada por oito representantes dos trabalhadores e dois representantes do sindicato passou a expor as reivindicações. Todas foram devidamente analisadas e discutidas pelo Consórcio, que apresentou suas propostas;

- O resultado da negociação foi o atendimento de alguns pontos colocados pelos sindicalistas e o compromisso da continuidade da negociação em torno das reivindicações mais complexas;

- O compromisso assumido pelos trabalhadores foi a da RETOMADA IMEDIATA das atividades, em condições normais, a partir desta QUINTA-FEIRA (27/out);

- O Consórcio reitera que cumpre à risca a legislação trabalhista e as normas de segurança , conforme ficou atestado nas frequentes fiscalizações dos órgãos trabalhistas que o canteiro de obras recebe semanalmente.”









http://g1.globo.com/distrito-federal...-brasilia.html
Reply With Quote
     
     
  #82  
Old Posted Oct 28, 2011, 1:38 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,878
Sem acordo por aumento salarial, greve no Mané Garrincha continua



Os operários responsáveis pelas obras no Estádio Nacional de Brasília, o Mané Garrincha, continuam de braços cruzados nesta sexta-feira (28/10). Os cerca de 2.500 trabalhadores ainda aguardam um acordo entre o Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil e Mobiliária do Distrito Federal (STICMB), que os representa, e o Consórcio Brasília, responsável pelos trabalhos no estádio.


A paralisação teve início na quarta-feira


A paralisação teve início na quarta-feira, quando os operários reivindicavam aumento salarial, melhores condições de trabalho, recesso de fim de ano de 10 dias e melhorias na alimentação. Ainda na quarta-feira a greve esboçou um fim, mas os trabalhadores continuaram com o protesto.

Após reuniões, algumas das reivindicações já começaram a ser atendidas, tais como aumento na segurança do trabalho, melhor alimentação no refeitório e o recesso no fim do ano. Porém, o aumento salarial ainda não teve acordo e é o principal motivo para a continuação da paralisação. Na manhã de hoje, o vice-presidente do STICMB, Raimundo Braz, confirmou de forma direta: “a greve continua”.

Está é a primeira paralisação nas obras do Estádio Nacional. Além de Brasília, Rio de Janeiro, Recife, Salvador e Belo Horizonte também já passaram por greves nas obras de seus respectivos estádios.

Apesar da manifestação, o Consórcio Brasília divulgou nota na noite de ontem assegurando que a paralisação não vai atrasar a entrega do estádio, estipulado para o dia 31 de dezembro de 2012, segundo o Comitê Organizador Brasília 2014.

Brasília na Copa
O Estádio Nacional de Brasília foi escolhido pela Fifa no último dia 20 para ser a sede da partida de abertura da Copa das Confederações 2013. Além disso, a arena também receberá sete jogos da Copa do Mundo 2014, incluindo uma partida da Seleção Brasileira e a disputa de terceiro lugar.












http://www.correiobraziliense.com.br...continua.shtml
Reply With Quote
     
     
  #83  
Old Posted Oct 28, 2011, 5:36 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 21,532
O interessante é o seguinte. Os operários já tem 12 meses de carteira assinada? Outro ponto, o que tem haver o quanto ganha um operário no Rio de Janeiro com o operário daqui? E o pior de todos, o que tem haver sindicalistas das obras de hidroelétricas com as obras do estádio?
Reply With Quote
     
     
  #84  
Old Posted Oct 28, 2011, 5:57 PM
emblazius emblazius is offline
Flamenguista
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília
Posts: 552
Rapaz, eu já participei do movimento sindical e depois pulei fora. mas por isso conheço muito bem as instâncias internas.

O Sindicato, em sua concepção é muito bom, mas infelizmente são tomados por partidos políticos que tocam o horror dentro e fazem politicagem.

No caso do DF vejam o tanto de greves.

Esses empregados do estádio possuem convenção coletiva para isso. Infelizmente nosso judiciário é uma bosta e não aplica logo multa alta e confisco de patrimônio do sindicato.

Mas o judiciário não faz isso pois ele mesmo também se beneficia quando quer fazer greve.

Imagina, a sede do Sindsjus, do Sindreceita, do Simpol tudo confiscada para pagar multa de greve.
__________________
Podemos escolher o que semear, mas somos obrigados a colher aquilo que plantamos
Reply With Quote
     
     
  #85  
Old Posted Oct 28, 2011, 6:28 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,878
Consórcio vai à Justiça para pôr fim à greve no Mané Garrincha


O Consórcio Brasília 2014, responsável pelas obras no Estádio Nacional de Brasília, o Mané Garrincha, buscará medidas judiciais para tentar pôr fim à greve dos operários que já dura três dias. A nota divulgada à imprensa esclarece que o grupo protocolou uma ação de dissídio coletivo no TRT da 10ª região. Desembargadores conduzirão a conciliação entre as partes.


Greve nas obras do estádio já dura três


Saiba mais...
Sem acordo por aumento salarial, greve no Mané Garrincha continuaO informativo foi divulgado logo após a reunião realizada na manhã desta sexta-feira entre representantes do Consórcio e dos trabalhadores. De acordo com Raimundo Braz, vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil e Mobiliária do Distrito Federal (STICMB), o encontro não resultou em avanços na negociação e por isso a greve foi mantida.

Braz esclareceu que os trabalhadores continuam no canteiro de obras, mas só realizam serviços emergenciais, como descarga do material dos caminhões, por exemplo. Ele ainda confirmou que segunda-feira os operários voltarão ao local, mas só retomarão os trabalhos após acordo com o Consórcio






http://www.correiobraziliense.com.br...arrincha.shtml
Reply With Quote
     
     
  #86  
Old Posted Oct 30, 2011, 3:06 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 21,532
Agora quem dançou foram os operários. Pois agora, se a justiça falar que a greve é abusiva, eles não vão ter aumento, e pior, poderão pagar multas diárias, torço para a justiça deixe de ser frouxa, e aperte o cerco contra esses caras.
Reply With Quote
     
     
  #87  
Old Posted Oct 30, 2011, 5:07 PM
Espartano_bsb Espartano_bsb is offline
Registered User
 
Join Date: May 2011
Posts: 483
Reply With Quote
     
     
  #88  
Old Posted Oct 31, 2011, 1:44 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,878
Greve no Estádio Nacional continua e TRT julga dissídio coletivo hoje



As obras do Estádio Nacional de Brasília, o Mané Garrincha, começaram mais um dia paralisadas. Nesta segunda-feira (31/10), os operários responsáveis pelo trabalho de erguer o estádio que vai receber a abertura da Copa das Confederações 2013 continuam a greve que teve início na última quarta-feira (26/10).

Após reuniões que não resultaram em avanço nas negociações, o Consórcio Brasília 2014 resolveu, na sexta-feira (28/10), protocolar uma ação de dissídio coletivo no Tribunal Regional do Trabalho da 10ª região para tentar colocar um ponto final na paralisação. Ainda na sexta, um novo encontro entre representantes do consórcio e dos operários foi realizado na Procuradoria Regional do Trabalho, porém, mais uma vez, as conversas não avançaram. A ação movida pelo consórcio será julgada hoje no TRT, às 17h.

Segundo Raimundo Braz, vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil e Mobiliária do Distrito Federal (STICMB), as negociações ainda esbarram nas reivindicações financeiras. Além do aumento salarial, as partes ainda precisam chegar a um acordo sobre horas extras, auxílio alimentação e também sobre um aditivo por produtividade, conhecido entre os trabalhadores como “mela”.

Desde o começo do protesto trabalhista, os operários já conquistaram o recesso de 10 dias no fim do ano, que une as festas de Natal e Ano Novo, melhorias nas filas do refeitório e melhor segurança no ambiente de trabalho.










http://www.correiobraziliense.com.br...ivo-hoje.shtml
Reply With Quote
     
     
  #89  
Old Posted Oct 31, 2011, 4:49 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,878
Moradores de Brasília tentam impedir mudança de nome de estádio



População não aprova a mudança de denominação do estádio Mané Garrincha





A reforma dos estádios brasileiros para a Copa do Mundo de 2014 não se restringe apenas a mudanças na estrutura dos palcos, mas também vai alterar os nomes já consagrados de alguns dos campos.

Em Brasília, a população não aprova a mudança de denominação do palco do Distrito Federal para o Mundial no Brasil. O conhecido Mané Garrincha passará a ser chamado de Estádio Nacional. A alteração fez com que os moradores da capital do país se mobilizassem para impedir a mudança por meio de um abaixo-assinado, segundo informações do jornal O Estado de S. Paulo.

A mobilização ganhou o reforço da cantora Elza Soares, viúva do bicampeão Garrincha, que criticou a mudança. “É muito triste ver mais uma vez comprovado que o Brasil é um país sem memória. Não se recorda dos seus heróis e seus ídolos”, afirmou em entrevista ao jornal.

O secretário distrital do Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte, Pedro Fernando Avalone Athayde, é um dos organizadores do movimento “Fica Mané Garrincha” e afirmou que o falecido jogador é o símbolo do ‘futebol-arte’ e sugeriu uma estátua do ponta na frente do estádio.







http://www.maisbrasilia.com/mb2011/n..._estádio.html
Reply With Quote
     
     
  #90  
Old Posted Oct 31, 2011, 8:11 PM
HLbsb's Avatar
HLbsb HLbsb is offline
Registered User
 
Join Date: Sep 2011
Posts: 402
^^

Isso começou com uma petição de um grupo da UFMG, divulgada pelo Juca Kfouri. Como mídia não pesquisa, só reproduz, estão falando a asneira de que a população de Brasília é contra a mudança de nome.

Sério, desconheço qualquer pessoa que tenha essa opinião na cidade!

Como já disse no outro fórum, isso me parece campanha não pelo Garrincha, que merece sim uma homenagem, na cidade que o consagrou para o futebol e não na cidade onde talvez nunca tenha pisado!

Essa é uma campanha daqueles que não aceitam que a capital nacional reivindique o Estádio Nacional!!! Pena ver um pensamento pequeno imperar tão profundamente por aí...
Reply With Quote
     
     
  #91  
Old Posted Nov 1, 2011, 2:54 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,878
Operários e consórcio do estádio de Brasília não chegam a acordo



Proposta feita foi 'tímida', dizem trabalhadores, em greve desde o dia 26.
Sindicato se reúne na terça; nova audiência acontece na quinta no TRT.



Terminou sem acordo a audiência de conciliação realizada nesta segunda (31) no Tribunal Regional do Trabalho(TRT) entre operários e o consórcio construtor do Estádio Nacional de Brasília.


Funcionários de empresa responsável pela obra do
Estádio Nacional de Brasília, que iniciaram greve no
último dia 26

Os 2,3 mil trabalhadores estão parados desde o dia 26. Eles reclamam do salário – que varia de R$ 650 a R$ 1 mil; da falta de plano de saúde e odontológico; das condições do alojamento e da qualidade da comida servida.

Segundo o secretário-geral do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de Brasília (STICMB), Raimundo Salvador, o consórcio apresentou durante a reunião uma proposta "muito tímida", mas que será avaliada amanhã em assembleia.

O Consórcio Brasília 2014, responsável pelas obras, informou que ofereceu na audiência um abono correspondente a 30% do salário a ser pago em dezembro e proporcional aos meses trabalhados. Além disso, propôs a entrega de cestas básicas no valor de R$ 50. Os trabalhadores pedem cesta de R$ 176.

A assessoria do consórcio disse que algumas reivindicações já haviam sido acatadas, como pagamento de plano odontológico e reforma dos alojamentos e refeitórios, concluída nesta segunda (31). Outros pedidos, como plano de saúde e aumento do valor das horas extras, foram negadas.

Os trabalhadores querem ainda uma gratificação mensal de R$ 800, equivalente a cerca de 80% do salário. O consórcio afirma que ofereceu metade do valor, mas que o TRT considerou o pagamento ilegal, pois a gratificação não entra nos cálculos da Previdência.

O Tribunal agendou para a próxima quinta-feira (3), uma segunda audiência de conciliação.

Briga judicial
Na última sexta-feira (28), o desembargador presidente do TRT da 10ª Região, Ricardo Machado, negou a liminar contra a greve promovida pelos trabalhadores pedida pelo Consórcio Brasília 2014, responsável pelas obras.

O consórcio pediu determinação imediata de retorno dos empregados ao trabalho, sob multa diária de R$ 200 mil e desconto dos dias parados de cada trabalhador. Machado indeferiu o pedido, embora tenha considerado que a greve dos operários não estaria de acordo com a lei.

Para Machado, a construção do Estádio Nacional de Brasília pode ser considerada uma obra estratégica, pois abrigará competições internacionais em 2013 e 2014. No entanto, para o desembargador, apenas importância da obra não transformaria a atividade dos empregados “essencial”.








http://g1.globo.com/distrito-federal...am-acordo.html
Reply With Quote
     
     
  #92  
Old Posted Nov 4, 2011, 2:06 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,878
Operários do Estádio Nacional podem voltar ao trabalho nesta sexta



Os operários que estão trabalhando na obra do Estádio Nacional de Brasília podem voltar à atividade nesta sexta-feira (4). De acordo com o Raimundo Salvador, vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de Brasília (STICMB), a proposta que foi enviada pela empresa nesta quinta-feira (3) será apresentada em assembleia aos funcionários na manhã desta sexta.


"Nós conseguimos o que estávamos querendo e avançamos na negociação. Agora vamos levar a proposta para os colegas e esperamos voltar ao trabalho na manhã mesmo", disse.


A greve dos operários começou no dia 26 de outubro. Os trabalhadores reivindicavam melhores condições de trabalho, aumento salarial, melhoria na qualidade da alimentação e a melhor higiene na manipulação das refeições. Segundo o sindicato, a maioria dos pedidos foram atendidos.


Se aceitarem a proposta, eles receberão o benefício da cesta básica de R$ 121, fora a alimentação que já é oferecida na obra, e um abono salarial de 30% sobre o valor do pagamento em dezembro e maio. As outras reivindicações já foram atendidas.












http://www.jornaldebrasilia.com.br/s....php?id=373447
Reply With Quote
     
     
  #93  
Old Posted Nov 4, 2011, 3:02 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,878
Obras do Estádio Nacional de Brasília são retomadas


Os operários das obras do Estádio Nacional de Brasília voltaram ao trabalho. A decisão foi tomada durante assembleia realizada na manhã desta sexta-feira(4). Os trabalhadores aceitaram a proposta de acordo apresentada em audiência ocorrida no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), nesta quinta-feira (3).



O Consórcio Brasília 2014, responsável pelas obras, ressaltou que, durante todo o período, procurou chegar a um bom termo com os trabalhadores sem jamais deixar de observar o contrato com o poder público.



A greve dos operários começou no dia 26 de outubro. Os trabalhadores reivindicavam melhores condições de trabalho, aumento salarial, melhoria na qualidade da alimentação e a melhor higiene na manipulação das refeições. Segundo o sindicato, a maioria dos pedidos foram atendidos.



Eles receberão o benefício da cesta básica de R$ 121, fora a alimentação que já é oferecida na obra, e um abono salarial de 30% sobre o valor do pagamento em dezembro e maio.







http://www.jornaldebrasilia.com.br/s....php?id=373521
Reply With Quote
     
     
  #94  
Old Posted Nov 4, 2011, 3:06 PM
Similar Similar is offline
Registered User
 
Join Date: Sep 2011
Posts: 342


Vamos ver se o destaque dado pela imprensa nacional a essa notícia será o mesmo dado à greve .
Reply With Quote
     
     
  #95  
Old Posted Nov 9, 2011, 3:02 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,878
Alguem ai sabe quando o site do estádio nacional vai entrar no ar???

http://estadionacionaldebrasilia.com.br
Reply With Quote
     
     
  #96  
Old Posted Nov 11, 2011, 1:25 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,878



uma prespectiva do estádio depois de pronto...
Reply With Quote
     
     
  #97  
Old Posted Nov 11, 2011, 2:50 AM
GMF GMF is offline
Registered User
 
Join Date: Jun 2011
Posts: 143

A reconstrução do Cláudio Coutinho ficou muito boa. O projeto é bem interessante, preservaram as quadras de tênis!

Alguém sabe quais essas outras construções a norte do Estádio?

Last edited by GMF; Nov 11, 2011 at 1:32 PM.
Reply With Quote
     
     
  #98  
Old Posted Nov 12, 2011, 2:00 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,878
Novo estádio do DF pode herdar nome de Mané Garrincha





O novo Estádio Nacional de Brasília pode ser batizado de Mané Garrincha. Projeto de lei que trata da denominação do estádio que vai receber os jogos das copas do Mundo e das Confederações foi aprovado nesta semana por unanimidade pela Comissão de Assuntos Sociais da Câmara Legislativa. A proposta é de autoria da distrital Liliane Roriz (PSD) e foi protocolada após reunião com o superintendente regional do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Alfredo Gastal.

“O nome do estádio sempre foi mais do que apenas uma referência para os brasilienses: faz parte da história do Distrito Federal. Aprovar esse projeto é o mínimo que os deputados podem fazer para preservar a história de nossa cidade”, justificou Liliane Roriz.

O antigo Mané Garrincha foi demolido em maio deste ano para que as obras do novo estádio pudessem ter início. De acordo com o projeto, o nome escolhido para o novo monumento seria Estádio Nacional de Brasília. Segundo Liliane Roriz, no entanto, nada impede a homenagem ao ídolo do futebol brasileiro. “A nossa Lei Orgânica é clara ao dizer que o poder público tem o dever de proteger os bens culturais do Distrito Federal. E todos sabem que o antigo Mané Garrincha foi palco de grandes acontecimentos de Brasília”, completou.

Aprovado na Comissão de Assuntos Sociais, o projeto segue para a Comissão de Constituição em Justiça da Câmara Legislativa, onde será analisada sua admissibilidade. Somente após essa etapa que os deputados poderão avaliar em plenário a viabilidade ou não da proposta.






http://www.palanquecapital.com.br/postagem.php?id=1077
Reply With Quote
     
     
  #99  
Old Posted Nov 12, 2011, 5:04 PM
HLbsb's Avatar
HLbsb HLbsb is offline
Registered User
 
Join Date: Sep 2011
Posts: 402


Volto com o mesmo ponto: Estão querendo censurar que se use o apelido Estádio Nacional?! Existia lei oficializando o nome Mané Garrincha? Se sim, essa lei não foi revogada...

Bom, parlamentar desesperada atrás de ganhar opinião pública (petição com 1000 assinaturas...)
Reply With Quote
     
     
  #100  
Old Posted Nov 12, 2011, 8:21 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,878
Obras do Estádio Nacional se destacam por reduzir impacto e desperdício


“Nada se cria, nada se perde, tudo se transforma”. A máxima do cientista francês Antoine Lavoisier (1743-94), pai da química moderna, nunca esteve tão atual com a crescente valorização de ações que tornem sustentável o progresso mundial. O novo Estádio Nacional de Brasília (ENB) é um dos ícones desse esforço de aliar o desenvolvimento à preservação ambiental, por meio de racionalização, reciclagem, reuso e coleta seletiva de resíduos.

Essas medidas constituem o escopo do projeto de sustentabilidade das obras do ENB – e que podem render o inédito selo internacional Leed Platinum, conferido pela prestigiada instituição US Green Building Council. Para se tornar referência, a obra deve seguir preceitos ambientais em todas as etapas, transformando-se numa verdadeira Ecoarena.

“Decidimos não construir apenas um estádio, mas uma arena verde, que segue os conceitos mais modernos de sustentabilidade, de aproveitamento dos recursos naturais. Não é apenas uma obra, mas um legado para a capital do país”, destaca o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz.

A água usada na lavagem das bicas das betoneiras e pela central de concreto, por exemplo, é reutilizada na lavagem dos pneus dos veículos que circulam pelo canteiro de obras. “Todo caminhão que sai da obra passa por um lava-rodas, que tira o excesso de barro, para que ele não suje as vias externas. Essa lavagem é feita exclusivamente por água de reuso e dispensa a água potável”, explica a coordenadora de Meio Ambiente do Consórcio Brasília 2014, Priscilla Mesquita Matos.

Segundo Priscilla, aproximadamente mil toneladas de detritos foram encaminhadas para reciclagem desde o começo das obras, em julho do ano passado. Já são 826 toneladas de metal, 182 toneladas de madeira, 9 toneladas de papel e papelão e 2 toneladas de plástico. “Para receberem esse material, todas as cooperativas de reciclagem precisam ter licença ambiental”, informa.

Além do que foi reutilizado, mais de 1 tonelada do chamado resíduo perigoso –constituído por material oriundo dos ambulatórios, objetos contaminados por óleo, pilhas e lâmpadas – foram incinerados. Outra medida é o reflorestamento. “Foi necessário retirar 81 árvores exóticas ao redor do estádio. Como compensação, oferecemos 5 mil mudas para plantio onde a Novacap quiser”, conta Priscilla.

Os materiais comprados para a construção do Estádio Nacional são ecologicamente corretos e vêm de duas empresas em Brasília. O cimento, por exemplo, é do tipo CP3, que contém a escória, substância oriunda da produção do cimento, que seria descartada no meio ambiente.

Grande parte dos detritos é reutilizada na obra. A areia escavada embaixo do campo de futebol do antigo Mané Garrincha, por exemplo, está estocada no canteiro. O concreto da antiga arquibancada foi britado e, hoje, pavimenta o espaço externo do canteiro de obra. Ao todo, foram mais de 200 toneladas de material.

O consórcio responsável pela construção efetua ainda uma série de projetos, como os ecopontos, para coleta seletiva. Vários kits-mitigação estão espalhados pela obra, compostos por um tambor de serragem, uma pá, um saco de lixo e uma aparadeira. Os operários estão capacitados para utilizar o equipamento o mais rápido possível em caso de algum vazamento químico.

Uma horta foi montada perto do refeitório dos operários. Os restos do café da manhã e do almoço, oferecidos pelas construtoras aos funcionários da obra, são encaminhados ao pátio de compostagem para serem transformados em adubo. Em contrapartida, toda hortaliça colhida da horta é servida nas 2,5 mil refeições diárias.

A obra da ecoarena está próxima de completar 40% de sua execução. Cerca de 3 mil operários atuam no canteiro e o terceiro turno já foi iniciado. Os trabalhos de escavação (96% concluídos) e fundação (96,8%) estão em fase final e a concretagem da arquibancada inferior está em ritmo acelerado, com 60% já executados.

Certificação internacional

A busca incessante pela sustentabilidade do estádio pode resultar em um grande êxito: a conquista do inédito certificado Leed Platinum. A vistoria final, que vai determinar a concessão do selo, ocorrerá somente em dezembro de 2012, mas a preocupação em alcançar a meta é diária.

“Todo dia é uma batalha. Realizamos um monitoramento detalhado de cada etapa concluída para não deixar escapar nada”, afirma o arquiteto Vicente Castro Mello, coautor do projeto arquitetônico da arena.

Para ele, não existe um fator que isoladamente garanta o reconhecimento internacional, apesar de a eficiência energética ser um dos destaques do projeto. “Fizemos um estudo bioclimático que, ao longo dos anos, vai resultar na redução do uso de energia”, conta Castro Mello.

O estudo bioclimático, segundo o arquiteto, é uma exigência de qualquer prédio verde. Ele consiste em um planejamento de como aproveitar melhor fatores climáticos, como a iluminação solar e os ventos, para minimizar o uso de lâmpadas e ar condicionado, por exemplo. Ou, ainda, a captação de água da chuva para a irrigação do gramado.

Depois de pronto, o estádio contará com captação de energia solar e de água da chuva. O piso no entorno do estádio será permeável. Além disso, a arena será capaz de gerar 2,5 megawatts de energia, o que corresponde ao abastecimento de mil residências por dia.

Reconhecimento

O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, recebeu no último dia 26 de outubro, em São Paulo, uma homenagem do Green Building Council Brasil (GBC Brasil) pela iniciativa de transformar a obra do Estádio Nacional de Brasília em mais um monumento da capital federal, exemplo de arrojo e sustentabilidade.

Ele foi o único homenageado na categoria Poder Público do prêmio Liderança em Ação – honra concedida pelo órgão máximo responsável por fiscalizar e incentivar em todo o planeta a execução de construções sustentáveis.

Segundo a diretora executiva da GBC Brasil, Maria Clara Coracini, o projeto de Brasília é um exemplo a ser seguido pelas demais unidades da Federação. “O estádio tem apoio incondicional do governador, profissionais de altíssimo gabarito, qualificados e comprometidos com a construção sustentável e a vontade genuína de realizar uma Copa Verde”, elogia. “É por isso que o GBC Brasil decidiu reconhecer publicamente o trabalho de Brasília”, reforçou.













http://www.correiobraziliense.com.br...perdicio.shtml
Reply With Quote
     
     
This discussion thread continues

Use the page links to the lower-right to go to the next page for additional posts
 
 
Reply

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Projetos - Arquitetura
Forum Jump


Thread Tools
Display Modes

Forum Jump


All times are GMT. The time now is 12:33 PM.

     

Powered by vBulletin® Version 3.8.7
Copyright ©2000 - 2019, vBulletin Solutions, Inc.