HomeDiagramsDatabaseMapsForum
     

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Projetos - Arquitetura

About The Ads  This week the ad company used in the forum will be monitoring activity and doing some tests to identify any problems which users may be experiencing. If at any time this week you get pop-ups, redirects, etc. as a result of ads please let us know by sending an email to forum@skyscraperpage.com or post in the ads complaint thread. Thank you for your participation.


Reply

 
Thread Tools Display Modes
     
     
  #201  
Old Posted Nov 13, 2012, 1:18 AM
GMF GMF is offline
Registered User
 
Join Date: Jun 2011
Posts: 143
Esrádio Nacional: Modelo sustentável mobiliza população


Campanha vai arrecadar garrafas PET para a fabricação de cerca de 3,5 mil assentos da Ecoarena. Foto Roberto Barroso

A partir de 15 de novembro, os brasilienses poderão ajudar na construção do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha e contribuir para uma cidade mais sustentável. Em uma iniciativa inédita na área esportiva, uma campanha vai arrecadar garrafas PET para a fabricação de cerca de 3,5 mil assentos da Ecoarena. Quem fizer a doação, receberá em casa um certificado de participação nas obras. Ao todo, serão 100 postos de coleta no Distrito Federal.

O projeto foi lançado na sexta-feira (9) pelo Governo do Distrito Federal em parceria com a Coca-Cola Brasil. “A campanha está sintonizada com o conceito do estádio e a concepção que trabalhamos na cidade. Vamos promover a consciência ambiental e realizar a melhor Copa do Mundo de todos os tempos”, destacou o governador, que estava acompanhado da primeira-dama, Ilza Queiroz, e do secretário extraordinário da Copa em Brasília, Claudio Monteiro.

Os assentos serão feitos com 100% do material reunido por cooperativas e enviado ao fabricante, no Rio de Janeiro. A parceria também existe para o Maracanã, mas lá a resina extraída do plástico será usada apenas no revestimento. Para cada cadeira, são necessárias 100 garrafas de 600ml. No entanto, garrafas de todos os tamanhos podem ser doadas. A lista dos pontos de coleta está disponível no site da Coca-Cola: www.cocacola.com.br.

Segundo o diretor de Assuntos Governamentais, Comunicação e Sustentabilidade da Coca-Cola Brasil para a Copa do Mundo da FIFA 2014, Victor Bicca, a ação vai incentivar a sustentabilidade. “Com o projeto, que se soma a outras ações sustentáveis no estádio de Brasília, vamos inserir a cultura da reciclagem na rotina das pessoas”, afirmou. “Essa ação vai marcar a história do nosso país e das arenas esportivas de todo o mundo”, completou.

Durante o lançamento, foi exibido o vídeo da campanha, que será divulgado a partir de 15 de novembro para estimular a população. Com duração de 30 segundos, a filmagem é estrelada pelo apresentador Luciano Huck, pela jogadora de futebol Marta, e pelo líder do movimento dos catadores de materiais recicláveis no Rio de Janeiro, Tião Santos. Ao final do evento, o governador e o diretor da Coca-Cola depositaram as primeiras garrafas na caixa que será utilizada para coleta.

FONTE: http://blogs.maiscomunidade.com/blog...iza-populacao/
Reply With Quote
     
     
  #202  
Old Posted Nov 13, 2012, 1:33 AM
GMF GMF is offline
Registered User
 
Join Date: Jun 2011
Posts: 143
O Estádio Nacional é vitrine de investimentos em sustentabilidade. Hoje saiu a seguinte reportagem no Correio Braziliense:
Sabendo do potencial que as instituições estrangeiras de fomento representam para o Distrito Federal, Agnelo colocou como meta o resgate das negociações com essas entidades. A viagem a Washington faz parte dessa estratégia, que começou em Brasília, quando o governador visitou a representante do BID no Brasil, Daniela Carrera, oportunidade em que conversaram sobre a retomada de projetos e a chance de novas parcerias. "Brasília vive um momento espetacular. Voltou ao equilíbrio e agora vamos fazer a cidade que é um avião decolar e voar alto", disse Agnelo ainda na sala de embarque para a missão internacional.

Foi nessa ocasião, por exemplo, que surgiu o assunto do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha. Agnelo fez um resumo dos critérios de sustentabilidade usados na construção da arena. Comentou que, em função de requisitos como a redução do consumo de água em até 80%, a geração de energia por meio dos painéis solares e um sistema de refrigeração inteligente, por exemplo, a capital concorre à certificação LEED Platinum emitida pela U.S. Green Building Council, principal reconhecimento na área das construções sustentáveis.

A conversa inspirou a representante do BID em território brasileiro a sugerir que Agnelo reproduza ao presidente da instituição, Luis Alberto Moreno, as práticas verdes que podem servir de base a novas ações do banco. "Será uma reunião muito rica, porque ao mesmo tempo em que vamos pedir suporte para ações em que o BID tem expertise, apresentaremos iniciativas de Brasília que podem servir de parâmetro para o desenvolvimento sustentável em outras regiões", considerou o chefe da Assessoria Internacional do GDF, Odilon Frazão.

São Francisco

Na missão internacional que se inicia nesta segunda, Agnelo vai divulgar as características do Estádio Nacional de uma costa à outra dos Estados Unidos. Depois da agenda em Washington, a comitiva do DF seguirá para São Francisco, na Califórnia. Lá, o governador foi convidado a contar a experiência da construção do Estádio Nacional durante a feira organizada pelo U.S Green Building Council, considerada a mais importante no segmento.

Em sua apresentação, que está marcada para as 16h de amanhã na Califórnia (22h de Brasília), Agnelo vai novamente sublinhar as qualidades ecologicamente reconhecidas na edificação do Estádio Nacional Mané Garrincha. Na oportunidade, no entanto, para um público especializado, que busca soluções como as que foram adotadas no DF. "Brasília é a capital da sexta economia mundial, vai sediar a Copa das Confederações, o Mundial e as Olimpíadas. É uma cidade em expansão, em fase de construção. O estádio verde vai despertar uma boa atenção do setor. Teremos retorno dos países que vêm para investir e querem ter acesso ao nosso expertise, o que vai nos ajudar a incrementar parcerias, a abrir portas", considerou o Secretário de Planejamento, Luiz Paulo Barreto, que integra a comitiva em missão americana.
FONTE: http://www.linearclipping.com.br/FEC...oticia=4528852

Agora mais a noite, Lilian Tahan publicou o seguinte em seu blog:
Luis Alberto Moreno sinalizou que o banco de fomento está disposto a financiar os programas trazidos pela comitiva de Agnelo. Mas o destaque do encontro na capital americana foi a proposta que o presidente do BID fez ao governador do DF: de que a capital brasileira se torne uma cidade referência em sustentabilidade com a ajuda financeira do banco. E sirva assim de vitrine do BID para outras capitais no Brasil e de outros países.
FONTE: http://www.dzai.com.br/liliantahan/b..._pos_id=116869

Sair do papel são outros 500, mas o estádio foi uma bela vitrine de investimentos em sustentabilidade; provavelmente em valores superiores aos gastos na construção da arena. Eu achava que não valia a pena investir em conceitos de sustentabilidade; para mim só iriam encarecer a obra (que já era bombareada pela mídia que só pena na sua utilização futebolística), mas há poucos meses do evento se mostrou um dos maiores acertos do governo.
Reply With Quote
     
     
  #203  
Old Posted Nov 25, 2012, 10:27 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,878
DF: Agnelo admite cobertura só em 2013 e promete estádio pronto até 15/4


Brasília pretendia finalizar estádio em dezembro de 2012, mas governador diz que usará prazo maior dado pela Fifa para Copa das Confederações


O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, admitiu neste domingo que a cobertura do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha só deverá ser concluída em 2013. O plano inicial do governo era de que a estrutura ficasse pronta ainda neste ano, juntamente com a parte física da obra.

- A parte da construção civil, parte pesada, que não se faz do dia para a noite, estará pronta seis meses antes (no dia 31 de dezembro). O que nós vamos fazer são áreas como a conclusão da cobertura, o gramado, que tem um prazo que a própria Fifa estipula. O prazo atual, estipulado pela Fifa para a entrega dos estádios é 15 de abril e nós vamos entregar antes - afirmou o governador durante cerimônia de lançamento do pôster da Copa em Brasília.


Agnelo apresenta o pôster de Brasília para a Copa (Foto: Fabrício Marques / Globoesporte.com)

O próprio Agnelo chegou a declarar em entrevistas no início do ano que o estádio seria finalizado em dezembro de 2012. Mesmo prazo apresentado no último balanço da Copa divulgado pelo governo federal, em maio. Mas em julho o Governo do Distrito Federal passou a admitir que o estádio só ficará completamente pronto no próximo ano.

Além da cobertura e do gramado, citados por Agnelo, itens como a instalação das cadeiras e dos placares eletrônicos do estádio também deverão ser finalizados apenas no início de 2013. De acordo com o governo, a decisão da Fifa de prolongar o prazo de conclusão dos estádios que receberão jogos da Copa das Confederações para 15 de abril de 2013 (a data inicial era dezembro de 2012) permitirá que o cronograma de execução da obra seja realizado com "com mais tranquilidade".

- Nós tivemos um beneplácito, todas as sedes da Copa das Confederações, que foi um prolongamento no prazo de entrega para 15 de abril. Então, o cronograma vai fluir com mais tranquilidade. Há uma preocupação permanente com a checagem dos dados e a busca pela perfeição. A cobertura começará a ser erguida na primeira quinzena de dezembro. Agora, ela será finalizada com a colocação da lona, que, no nosso caso, tem uma dupla dificuldade. Teremos a lona externa e a lona interna - justificou o secretário extraordinário da Copa no Distrito Federal, Cláudio Monteiro.

Inauguração no aniversário da cidade

O governador Agnelo também afirmou neste domingo que a intenção do governo é de inaugurar o estádio Mané Garrincha em alguma data próxima do aniversário de 53 anos de Brasília, dia 21 de abril de 2013.
- A data ainda não está definida, mas uma vontade nossa é de fazer a inauguração formal, a entrega, até com evento, no aniversário da cidade - disse o governador.

Segundo Agnelo, um dos fatores que impedem a escolha da data agora é a confirmação da agenda das atrações que deverão fazer parte da festa.
- Depende da combinação de agenda com quem nós queremos fazer a inauguração, porque, se for um time, evidentemente tem que ter agenda. Pode ser um dia a mais ou um dia a menos, mas vai ser para comemorar justamente o aniversário de Brasília, combinando uma agenda que inclua o fim de semana - concluiu Agnelo.


Estádio Nacional terá a abertura da Copa das Confederações (Foto: Ademir Rodrigues/Portal da Copa)











http://globoesporte.globo.com/futebo...o-ate-154.html
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #204  
Old Posted Dec 11, 2012, 9:06 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,878
Cobertura do estádio Mané Garrincha começa a ser erguida



Processo de içamento da estrutura, formada por mais de oito mil peças e cabos, pode durar até cinco dias


O processo de instalação da cobertura do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha entrou em uma fase importante nesta semana. Toda a estrutura, formada por mais de oito mil peças e cabos, começou a ser erguida simultaneamente em um processo que pode durar até cinco dias.

Ao todo, são mais de seis quilômetros de cabos de aço, com dez centímetros de diâmetro. Eles serão responsáveis pela sustentação da cobertura. Após a fixação dos cabos, serão montadas e instaladas as treliças que formarão a base para a colocação da membrana.

A cobertura será formada por 90 mil m² de membrana, que cobrirá todas as cadeiras do estádio. O material contará com propriedades autolimpante, além de permitir a passagem de luz natural e reter o calor. Outra inovação da cobertura será a capacidade de retirar gases poluentes da atmosfera em uma quantidade equivalente ao produzido por cerca de mil veículos por dia.

A construção do novo Mané Garrincha entrou o mês de dezembro com 84% de conclusão. O Estádio será palco da abertura da Copa das Confederações de 2013 e de sete jogos do Mundial de 2014, incluindo uma das partidas da seleção brasileira na primeira fase.

Foto: Mary Leal / GDF

Construção do Mané Garrincha entrou o mês de dezembro com 84% de conclusão







http://globoesporte.globo.com/futebo...r-erguida.html
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #205  
Old Posted Dec 14, 2012, 8:37 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 21,532
Estádio impressiona Federação Internacional de Esporte Universitário

"Seria um sonho realizar uma final de futebol da Universíade nesse caldeirão", afirmou o presidente da Federação Internacional de Esporte Universitário (FISU), Claude-Louis Gallien, sobre o Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha. A visita, realizada ontem (6), reforça a candidatura da capital federal para receber as Olimpíadas Universitárias em 2019. Por apenas dois votos a mais, a cidade de Taipei, em Taiwan, foi eleita sede da competição em 2017.

A comitiva, formada ainda pelo presidente da Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU), Luciano Cabral, pelo secretário geral da FISU, Eric Saintrond, e pelos diretores da CBDU, Roberto Maldonado e Ricardo Moura, se reuniu na quarta-feira (5) com o governador Agnelo Queiroz. O encontro no Palácio do Buriti marcou a retomada da candidatura de Brasília como cidade-sede da Universíade, terceiro maior torneio esportivo do mundo.

No estádio, o grupo foi recebido pelo coordenador da Secretaria Extraordinária da Copa em Brasília, Sérgio Graça. Após assistir a apresentações sobre investimentos para a Copa do Mundo de 2014 e potenciais do estádio, os visitantes seguiram para as obras. "É extraordinário imaginar esta arena como palco de jogos universitários. Com certeza também seria um ótimo cenário para a abertura e o encerramento da Universíade", elogiou Claude-Louis Gallien.

Para o presidente da CBDU, a proximidade entre o estádio, os complexos esportivos e os setores Hoteleiro e Hospitalar favorece a capital brasileira. "Brasília é perfeita por seu formato e sua disposição geográfica. Além disso, a cidade aproveitará o legado da Copa das Confederações em 2013 e do Mundial de 2014", ressaltou Luciano Cabral. "Temos oportunidade de visitar vários estádios em todo o mundo, e esse é, sem dúvida, um dos mais imponentes", acrescentou.


Estrutura esportiva

A comitiva também visitou o Complexo Poliesportivo Ayrton Senna, o ginásio Nilson Nelson e o Centro de Convenções Ulysses Guimarães. O secretário-adjunto de Esporte, Célio René, acompanhou todo o percurso, desde o estádio. Segundo ele, a expectativa em relação à segunda candidatura de Brasília para as Olimpíadas Universitárias é grande, pela disposição da comitiva em conhecer a cidade e pelas melhorias realizadas desde 2011.

"Não tivemos, antes, a oportunidade de mostrar nossa capital como estamos fazendo agora. E Brasília vive um outro momento, com a construção do estádio avançada e várias obras entregues ou em andamento", destacou Célio René. "O governador está preparando a cidade para receber eventos esportivos e entrar de vez no calendário das competições", completou.

O secretário citou como exemplos as reformas que serão concluídas no Nilson Nelson e no complexo esportivo da Universidade de Brasília, a instalação de uma cobertura na piscina do Complexo Aquático e a inauguração do Centro de Capacitação Física do Corpo de Bombeiros. Os investimentos também atenderão os jogos das Olimpíadas Escolares Mundiais, a Gymnasiade, que será disputada em 2013 no Brasil . "Nossa política não é baseada em um único evento, mas na transformação da cidade por meio do esporte", enfatizou o secretário.

A candidatura da capital federal para sediar a Universíade em 2019 deverá ser oficializada em fevereiro do ano que vem. A decisão do comitê organizador só sairá em novembro seguinte, após inspeções e avaliação da proposta. "A proposta de Brasília é uma das melhores que vi em anos. Acredito muito no projeto que será apresentado pela cidade", concluiu Claude-Louis Gallien.

Fonte: Agência Brasília
Fonte: http://www.ecofinancas.com/noticias/...-universitario
Reply With Quote
     
     
  #206  
Old Posted Dec 20, 2012, 9:22 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,878
Primeira etapa da cobertura do Estádio é concluída em tempo recorde



O som de sirenes anunciou a conclusão do içamento dos cabos de sustentação da cobertura do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha, na quarta-feira (19). Operários festejaram mais essa etapa ao lado do governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz. Ele encaixou o último pino que une o conector do cabo à placa-base, afixada ao anel de compressão. Acompanhado da primeira-dama, Ilza Queiroz, o governador subiu 64 metros para finalizar essa fase, iniciada no dia 11.

Foto: Andressa Anholete


O processo de içamento, chamado de big lifting, é um dos principais desafios na instalação da cobertura, pois todos os 48 cabos precisam ser erguidos ao mesmo tempo. Em Brasília, o procedimento foi feito em tempo recorde: 7 dias. Em outras cidades-sede, que também contam com a estrutura, o mesmo trabalho foi concluído em 60 dias ou estão em andamento há mais de 15 dias.

Para garantir geometria circular e precisão, o içamento foi realizado com auxílio de 48 macacos hidráulicos. Cada passo foi coordenado a partir do próprio anel de compressão, por meio de uma central de controle que o governador fez questão de conhecer. "A estrutura de cabos e o procedimento adotado para erguê-la foram feitos com tecnologia de alto nível. Esse é o maior anel de compressão do mundo, o que mostra a força da engenharia brasileira e nos coloca como referência internacional", destacou Agnelo Queiroz.

Posicionados ao longo de todo o anel, feito de concreto e com cerca de 1km de diâmetro, os macacos hidráulicos ergueram os cabos de forma automatizada. Em seguida, eles foram fixados nas 48 placas-base presas à circunferência. A próxima etapa será a montagem das treliças metálicas, que sustentarão a membrana de 90 mil m². Após apertar o pino, o governador deixou sua assinatura no conector do cabo de sustentação.

Cobertura sustentável – A cobertura do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha é uma das inovações tecnológicas que o projeto apresenta. Funcionando como sistema de "roda de bicicleta invertida", ela é composta por uma estrutura tensionada com cabos e treliças metálicas, revestida por uma membrana de 90 mil m².

A membrana, que cobrirá os cerca de 71 mil assentos da Ecoarena, possui funções sustentáveis. Seu revestimento, composto por fibra de vidro e material de politetrafluoretileno com propriedades fotocatalíticas, é autolimpante. Ao entrar em contato com o sol, a estrutura decompõe a sujeira do ar: por hora, a cobertura é capaz de filtrar o equivalente à poluição produzida por 100 veículos.

Além de resistente, a membrana reflete os raios ultravioletas e retém 15% da luz amarela, isolando o calor e permitindo a passagem de luz natural, sem a exposição nociva à luz solar. "Além de contribuir para melhorar a qualidade do ar e o conforto dos espectadores, essas tecnologias favorecem a estética do estádio, já que eliminarão a sujeira", avaliou o secretário Extraordinário da Copa em Brasília, Claudio Monteiro.

O anel de compressão também terá importante papel na sustentabilidade. Construído em concreto, facilitará a instalação das placas fotovoltaicas, responsáveis por captar a energia solar. Serão dispostas 9,6 mil placas, com capacidade para gerar 2,5 megawatts de energia, o que corresponde ao abastecimento de cerca de 2 mil residências por dia. "Além de atender aos megaeventos, essa obra será um instrumento de desenvolvimento econômico e social. Será um dos grandes legados para a população de Brasília", finalizou Agnelo Queiroz.













http://www.jornaldebrasilia.com.br/s...uida&id=439860
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #207  
Old Posted Dec 31, 2012, 1:51 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,878
Estádio Mané Garrincha chega ao fim de 2012 com 87% de conclusão



Previsão de entrega no dia 31 de dezembro não é cumprida e secretário admite falha: 'às vezes, é preferível dar a mão à palmatória'


Há um ano, a ideia do Governo do Distrito Federal (GDF) era que esta segunda-feira, 31 de dezembro de 2012, fosse marcada por uma grande festa para entrega do novo Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha. Em janeiro, durante visita do ministro do Esporte, Aldo Rebelo, ao canteiro de obras, o governador do DF, Agnelo Queiroz, revelou a intenção de que o término da obra fosse comemorado no fim do ano com uma partida de futebol entre operários e um time comandado pelo ex-jogador Ronaldo. No entanto, o plano teve que ser alterado. Com 87% de conclusão atualmente, o novo estádio da capital federal só deverá ficar completamente pronto em abril de 2013.

Foto: Mary Leal/GDF)

Obras do estádio Mané Garrincha chegam ao fim de
2012 com 87% de conclusão

- Às vezes, é preferível dar a mão à palmatória e reconhecer que não foi possível atingir seu sonho. Porque isso era um sonho. Realizar isso no dia 31 (de dezembro de 2012), era um sonho. Não foi possível atingir esse sonho, como não foi possível em outros locais. Porque uma coisa é você reformar, outra coisa é você começar do zero. Uma coisa é você contar que um material vai chegar em uma data e ele chega em outra. Nós temos nessa estrutura materiais importados, temos um conjunto de coisas sujeitas a diversos outros fatores. Então, vamos dar a mão à palmatória - justificou o secretário Extraordinário da Copa no Distrito Federal, Cláudio Monteiro.

Principal responsável pelos preparativos de Brasília para o Mundial de 2014, Monteiro evitou divulgar uma nova data para a entrega da obra, mas garantiu que será cumprido o prazo definitivo estabelecido pela Fifa para a conclusão dos estádios que receberão partidas da Copa das Confederações de 2013: 15 de abril.

- Estamos com quase 90%. Está quase todo pronto. Vamos entregar (...) O que está próximo dessa nova data que a Fifa estabeleceu para a entrega de todos? O aniversário da cidade (21 de abril). Vamos fazer um grande evento. Aliás, vamos fazer alguns, até o aniversário da cidade (...) Não vou falar mais em data (para entrega), porque vão pegar no meu pé de novo. O dia 15 de abril não é nem a data que eu estou estipulando, é a data limite colocada pela Fifa. É dentro dessa data que nós vamos trabalhar - disse o secretário.

O Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha será palco da abertura da Copa das Confederações, no dia 15 de junho de 2013, com o confronto entre Brasil e Japão. A arena também receberá sete jogos do Mundial de 2014, incluindo uma das partidas da Seleção na primeira fase.

Avanços em 2012


Iniciada em julho de 2010, a construção do novo estádio Mané Garrincha entrou o ano de 2012 com 50% de conclusão. Após doze meses de trabalho intenso dos mais de quatro mil operários da obra, o estádio chega ao fim do ano com 87% de conclusão.

Etapas importantes foram cumpridas no período, como a finalização da arquibancada superior, formada por 1.604 peças pré-moldadas e que terá capacidade para 39.050 pessoas: mais da metade do total do estádio (cerca de 71 mil lugares). Também foi finalizado o anel de compressão que circula toda a arena e iniciado o acabamento do setor dos camarotes.

No mês de dezembro, outra etapa considerada fundamental pelos engenheiros foi concluída: o içamento dos cabos de sustentação da cobertura (processo conhecido como Big Lift).

- Já percorremos o grande caminho crítico. Foi içar os cabos da cobertura presos no anel de compressão. O risco era muito alto. Um erro seria desastroso. Isso não aconteceu. O grande 'x' da questão era subir os cabos da cobertura. Foi perfeito. Agora vamos colocar as treliças (barras de sustentação) e a lona tensionada - explicou Cláudio Monteiro.

Foto: Mary Leal / GDF

Primeira etapa de instalação da cobertura do Mané Garrincha foi concluída em dezembro

O mais caro?

Documento divulgado na última semana pelo Ministério do Esporte aponta o Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha como o mais caro entre os 12 que estão sendo construídos ou reformados para a Copa do Mundo de 2014, com custo previsto de R$ 1,015 bilhão.

De acordo com o GDF, o valor final deverá ser menor que o informado pelo Ministério, ficando em aproximadamente R$ 850 milhões. O montante é R$ 50 milhões maior que a estimativa feita pelo próprio governo local no mês de abril, quando o custo da obra foi calculado em cerca de R$ 800 milhões.

- Nós tivemos alteração no projeto básico, alteração no projeto de engenharia, no projeto de estrutura. Foram alterações em diversos projetos, para atender melhor ao grande público e ser um estádio referência. Estamos fazendo isso agora para que, daqui a alguns anos, não tenha que ficar demolindo para fazer novamente. Eu lembro de estádios que foram reformados e três anos depois tiveram que quebrar tudo para fazer outra reforma - afirmou Cláudio Monteiro.

Segundo o secretário, a estimativa do GDF é menor que o valor previsto no documento do Ministério do Esporte por conta da aplicação do Recopa - isenção fiscal concedida pelo governo federal aos estádios que estão sendo construídos para o Mundial de 2014.

Em março deste ano, a construção do Mané Garrincha foi homologada pelo Ministério para receber isenção de R$ 42,7 milhões por meio do Recopa. O valor já está abatido no custo estimado de R$ 1,015 bilhões. Mas, para Cláudio Monteiro, as obras do estádio ainda deverão receber um desconto maior.

- Com o Recopa aplicado só de março para cá, os estádios que começaram mais cedo suas obras estão tomando prejuízo. Achamos que o Recopa tem que servir para o conjunto inteiro da obra. E com a aplicação do Recopa em todo o conjunto da obra, vamos alcançar nossa previsão, que é de R$ 850 milhões e alguma coisa - defendeu.

As regras de retroatividade nos benefícios do Recopa foram incluídas pelo deputado federal Vicente Cândido (PT-SP) na Medida Provisória 585/12, que está em tramitação atualmente no Senado Federal. Se as regras forem aprovadas pelo Congresso Nacional, o GDF poderá pedir uma reavaliação da isenção fiscal das obras do Mané Garrincha.

Utilização após a Copa


Foto: Mary Leal / GDF

Projeto do novo Mané Garrincha segue modelo de
arenas multiuso

O projeto de construção do novo Mané Garrincha é alvo constante de críticas por conta do tamanho do estádio, que será o segundo maior do país. Sem times nas Séries A e B do futebol nacional, a cidade de Brasília, teoricamente, teria poucas partidas após a Copa de 2014 com potencial para atrair um público de mais de 70 mil pessoas.

- Os que usam o argumento de que o estádio será um 'elefante branco' serão vencidos pela própria história. Serão reféns das suas próprias palavras. Porque viverão e verão que essa história de 'elefante branco' é para a concepção de construir estádio na parte mais longínqua da cidade, esperando que o desenvolvimento chegue até lá. É também a concepção de quem não conhece as demandas da cidade, não reconhece um princípio báscio: que estádio não se mantém só com jogo. Hoje, a solução é ter arenas multiuso - defendeu Monteiro.

Segundo o secretário, o projeto do Mané Garrincha possibilita todas as condições para que o local seja aproveitado em eventos como shows, palestras e seminários, além de espaços para comércio e atrações turísticas.
O estádio deverá ser cedido, por meio de licitação, para uma empresa privada, que ficará responsável por gerir o local e atrair os eventos.

- A licitação será feita entre a Copa das Confederações e a Copa do Mundo (...) Onde você encontraria uma área tão privilegiada como essa, em qualquer parte do Mundo? Está no marco zero da cidade, a 850 metros dos hotéis, do centro. Aqui, vamos ter lanchonetes, restaurantes, bares, lojas, centro de convenção. Toda a criatividade de um conjunto de serviços que farão parte de uma grande arena. Quanto a inciativa privada está disposta a pagar por isso é o que nós estamos calculando e vamos prever no edital - concluiu o secretário.













http://globoesporte.globo.com/futebo...conclusao.html
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #208  
Old Posted Jan 14, 2013, 6:18 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,878
Sai licitação de túnel entre estádio e centro



Governo do DF abre edital para contratar a empresa que fará a obra, mas não divulga valores


O Governo do Distrito Federal lançou edital de licitação para contratar empresa para realizar cinco obras de grande porte na área central de Brasília. Entre os procedimentos previstos, está a construção do túnel de pedestres que ligará o novo estádio Mané Garrincha ao Centro de Convenções.

As obras fazem parte do conjunto de dez intervenções anunciadas em novembro do ano passado. Num primeiro momento, além do túnel entre o estádio e o centro, será construída uma via de ligação entre a W5 Sul e a W4 Norte que chegará até o Centro Universitário de Brasília (UniCEUB) e um outro túnel para pedestres ligando o Clube do Choro ao Parque da Cidade.

A empresa vencedora também ficará responsável pelas obras de urbanismo e paisagismo nos arredores do Mané Garrincha e por procedimentos de revitalização da área central de Brasília.

As empresas interessadas em realizar as obras deverão apresentar as propostas oficiais no dia 14 de fevereiro. O valor da licitação para as primeiras cinco obras não foi divulgado pelo governo nem estava previsto no aviso da licitação publicado no "Diário Oficial do Distrito Federal", mas no ano passado o Executivo informou que o custo total do pacote de dez obras seria de R$ 360 milhões.

O GDF chegou a anunciar, na época, que todas as obras seriam licitadas em um único edital. Com a decisão de licitar apenas cinco agora, ficam de fora neste primeiro momento a ciclovia e as calçadas que serão instaladas ao longo do Eixo Monumental e a ligação entre o Mané Garrincha e o Autódromo Nelson Piquet, além da praça projetada por Burle Marx que ficará entre a Torre de TV e a rodoviária do Plano Piloto.

O governo não quis comentar a decisão de separar o pacote de obras nem informar o custo ou cronograma previsto para elas.











http://www.destakjornal.com.br/notic...centro-175407/
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #209  
Old Posted Jan 15, 2013, 12:31 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 21,532
Estou curioso para saber como ficará o paisagismo na região, ainda mais com a implantação entre a Praça do Buriti e do Centro de Convenções do Museu da Tecnologia. E esse vazio que existe entre o Parque da Cidade e o Estádio até 2014 irá desaparecer. E aí, faltará apenas o trecho entre o Cruzeiro Velho e Setor Militar Urbano para ter alguma serventia, se não me engano, ali, pretendem instalar o Memorial do João Goulart bem como do Instituto Oscar Niemeyer, Instituto Athos Bulcão e do Instituto Burle Max.
Reply With Quote
     
     
  #210  
Old Posted Jan 16, 2013, 12:43 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,878
R$ 36 milhões para obras ao redor do estádio



Governo destina verba para urbanismo e paisagismo da área externa do novo Mané Garrincha


As obras de paisagismo e urbanismo ao redor do novo estádio Mané Garrincha irão custar pelo menos R$ 36 milhões aos cofres públicos. O valor está previsto em crédito suplementar destinado pelo governo para os procedimentos e publicado ontem no "Diário Oficial do Distrito Federal".
De acordo com o governo, a verba também irá bancar investimentos na urbanização de toda a área localizada a distância de três quilômetros do estádio.

Além dos R$ 36 milhões liberados para os arredores do estádio, o governador Agnelo Queiroz também remanejou R$ 7 milhões para a construção de uma via de ligação entre a W4 norte e a W5 sul e mais R$ 4 milhões para a construção das passagens subterrâneas que ligarão o estádio ao Centro de Convenções e ao Parque da Cidade.

Os valores repassados para as obras não são, contudo, o total que será necessário para concluí-las. GDF não quis divulgar estimativa para o valor total de cada obra. Segundo o governo, elas ainda dependem de licitação marcada para dia 14 de fevereiro.

As obras de paisagismo e urbanismo do Mané Garrincha estão incluídas no pacote de dez obras para a Copa do Mundo de 2014 anunciado no fim de 2012. Na semana passada, o governo lançou o edital para escolher a empresa que ficará responsável pela execução da primeira etapa das obras, que inclui as que receberam a verba ontem. Juntas, elas devem custar R$ 300 milhões, ou seja, quase o total do investimento previsto para as dez obras do pacote, R$ 360 milhões.

Com os R$ 60 milhões restantes, deverão ser feitas as obras de construção de ciclovias e calçadas com acessibilidade no Eixo Monumental, além da praça projetada por Burle Marx que ficará entre a Torre de TV e a Rodoviária do Plano Piloto.












http://www.destakjornal.com.br/notic...stadio-175874/
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #211  
Old Posted Jan 21, 2013, 12:49 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,878
Fotos do Dia 31/12/12

ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012


ME/ Portal da Copa/Dezembro de 2012
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #212  
Old Posted Jan 21, 2013, 2:59 PM
Jota's Avatar
Jota Jota is offline
Registered User
 
Join Date: Sep 2011
Posts: 3,488
Olha vou dizer uma coisa que talvez faça vcs me jogarem pedras.

Passando agora pelo estadio pelo nível do chão e vendo a estrutura ficando pronta achei o projeto simplesmente feio. Parece que estadio esta pelado, com toda a estrutura das arquibancadas aparecendo por entre os pilares.

Eu tinha tido essa impressão quando vi os primeiros projetos, mas resolvi esperar pra ver como ficaria no final e vejo agora que minha primeira impressão é correta. Em geral a esttura que sustenta as cobertura ficam fechada para que o esqueleto interno não apareça, mas no caso do Nacional ficará tudo exposto.

Veja por exemplo o caso do Alianz Arena:



Um outro que é muitas vezes citado como parecido é o Estadio Olimpico de Berlim:



Mas vejam que embora seja possivel ver entre os pilares externos, não se vê o fundo das arquibancadas.

Já no Estadio de Pequin, fora a massarota de vigas para todos os lados que meio que escondem o fundo, este ainda tem um tratamento especial de pintura e iluminação.





Já o Nacional de Brasília tem pilares esbeltos e toda a estrutura das arquibancadas fica exposta, por enquanto estou achando o resultado pobre a não ser que seja feito um tratamento especial.

Reply With Quote
     
     
  #213  
Old Posted Jan 24, 2013, 1:32 AM
emblazius emblazius is offline
Flamenguista
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília
Posts: 552
Lightbulb

Quote:
Originally Posted by Jota Ferro View Post
Olha vou dizer uma coisa que talvez faça vcs me jogarem pedras.

Passando agora pelo estadio pelo nível do chão e vendo a estrutura ficando pronta achei o projeto simplesmente feio. Parece que estadio esta pelado, com toda a estrutura das arquibancadas aparecendo por entre os pilares.

Eu tinha tido essa impressão quando vi os primeiros projetos, mas resolvi esperar pra ver como ficaria no final e vejo agora que minha primeira impressão é correta. Em geral a esttura que sustenta as cobertura ficam fechada para que o esqueleto interno não apareça, mas no caso do Nacional ficará tudo exposto.

Veja por exemplo o caso do Alianz Arena:



Um outro que é muitas vezes citado como parecido é o Estadio Olimpico de Berlim:



Mas vejam que embora seja possivel ver entre os pilares externos, não se vê o fundo das arquibancadas.

Já no Estadio de Pequin, fora a massarota de vigas para todos os lados que meio que escondem o fundo, este ainda tem um tratamento especial de pintura e iluminação.





Já o Nacional de Brasília tem pilares esbeltos e toda a estrutura das arquibancadas fica exposta, por enquanto estou achando o resultado pobre a não ser que seja feito um tratamento especial.

Rapaz, lendo seu comentário foram exatamente as mesmas palavras que falei para minha noiva neste fds. Me pareceu a antiga Fonte Nova ou o Arruda do Santa Cruz. Penso que neste espaço poderiam ser feitas diversas salas de aula, sei lá, lojas de shopping, achei toda aquela abertura uma area perdida. Outro fator que não consegui visualizar é o acesso da arquibancada superior, ou seja, o cara vai ter que subir toda ela se estiver no topo? Não existem rampas externas ligando na metade pelo menos da arquibancada. Eu resumi para minhanoiva que este foi um projeto em que a maquete ficou mais bonita q a realidade.
__________________
Podemos escolher o que semear, mas somos obrigados a colher aquilo que plantamos
Reply With Quote
     
     
  #214  
Old Posted Jan 24, 2013, 4:13 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 21,532
O local irá ter lojas, bares e restaurantes. Quem disse que o local não terá, até Mc Donalds o local irá ter. Mesmo sem ter jogos, o local irá ter o centro comercial ABERTO, inclusive nos fins de semana.

Já imaginaram, depois de um show no Clube do Choro ou teatro na Sala Funarte ali perto ou mesmo como o Planetário aberto, fazer um lanche no Mané Garrincha.
Reply With Quote
     
     
  #215  
Old Posted Jan 24, 2013, 4:27 PM
Jota's Avatar
Jota Jota is offline
Registered User
 
Join Date: Sep 2011
Posts: 3,488
Eu sei que terão essa coisas, mas o fundo das arquibancadas continuará aparecendo, pra mim vai ficar feio.
Reply With Quote
     
     
  #216  
Old Posted Jan 24, 2013, 7:05 PM
emblazius emblazius is offline
Flamenguista
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília
Posts: 552
Quote:
Originally Posted by Jota Ferro View Post
Eu sei que terão essa coisas, mas o fundo das arquibancadas continuará aparecendo, pra mim vai ficar feio.
Exato. Novamente você sintetizou meu pensamento. Uma pergunta de leigo para os doutos deste fórum. Uma chuva de vento não entraria entre o vão das arquibancadas superiores e a cobertura?
__________________
Podemos escolher o que semear, mas somos obrigados a colher aquilo que plantamos
Reply With Quote
     
     
  #217  
Old Posted Jan 24, 2013, 7:36 PM
Jota's Avatar
Jota Jota is offline
Registered User
 
Join Date: Sep 2011
Posts: 3,488
Quote:
Originally Posted by emblazius View Post
Exato. Novamente você sintetizou meu pensamento. Uma pergunta de leigo para os doutos deste fórum. Uma chuva de vento não entraria entre o vão das arquibancadas superiores e a cobertura?
É possível, mas teria que ser uma ventania danada e tbm entraria pela abertura central.
Reply With Quote
     
     
  #218  
Old Posted Jan 24, 2013, 8:27 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,878
Quote:
Originally Posted by emblazius View Post
Exato. Novamente você sintetizou meu pensamento. Uma pergunta de leigo para os doutos deste fórum. Uma chuva de vento não entraria entre o vão das arquibancadas superiores e a cobertura?
Essa tecnologia é a mais utilizada no mundo na atualidade, e não tiveram nenhum registro de desprendimento ou rasgos devido a ventanias ou coisas do tipo ate hoje, agora no caso de ventos acendentes por baixo da estrutura acho difícil, tem que ser um tornado da vida
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #219  
Old Posted Feb 2, 2013, 10:22 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,878
Mais R$ 100 milhões para o estádio novo



Governo remaneja verba de outras obras e projetos para a reconstrução do Mané Garrincha



O Governo do Distrito Federal remanejou R$ 100 milhões que estavam destinados para obras como a construção do novo aterro sanitário em Samambaia e do túnel rodoviário na avenida central de Taguatinga para a reconstrução do estádio Mané Garrincha.

O dinheiro já estava previsto no orçamento do governo, mas foi repassado para a Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) por meio de decreto assinado pelo governador Agnelo Queiroz e publicado na edição de ontem do "Diário Oficial do Distrito Federal". A empresa é a responsável por administrar a construção da arena.

Da verba do novo aterro sanitário, previsto para custar R$ 176 milhões e entrar em funcionamento em junho, foram remanejados para o estádio R$ 2,3 milhões. Do novo túnel que vai cortar Taguatinga, orçado em R$ 180 milhões, saíram R$ 258 mil. Da obra de ampliação da linha 1 do metrô, mais R$ 6 milhões. Dos R$ 30 milhões previstos para serem utilizados pela Secretaria de Segurança Pública para a aquisição e instalação de duas mil câmeras de vigilância no DF, outros R$ 2,5 milhões.

De acordo com o governo, o remanejamento atende as necessidades orçamentárias atuais e a verba será usada para pagar os custos da construção do estádio. O Executivo local acrescentou que "o Estádio Nacional faz parte de um conjunto de setenta projetos estratégicos" e que por isso "é possível remanejar recursos entre esses projetos, caso seja necessário". O GDF disse, ainda, que "nenhum projeto será interrompido em função do remanejamento de recursos".

Mais caro

O estádio de Brasília já é considerado o mais caro dos que estão sendo feitos para sediar jogos da Copa do Mundo. O orçamento inicial estimava que o custo de construção da arena seria de R$ 698,6 milhões, mas de acordo com a última auditoria realizada pelo Tribunal de Contas do DF na obra, o valor já alcança R$ 1,2 bilhão. Segundo o tribunal, só os 19 aditivos feitos ao contrato da obra até o momento já geraram um aumento de R$ 337 milhões.









http://www.destakjornal.com.br/notic...o-novo-178456/
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #220  
Old Posted Feb 3, 2013, 1:25 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 21,532
Eu morro de rir do TCU e TCDF, eles esquecem que existe uma grande diferença do projeto BÁSICO do projeto EXECUTIVO. E claro, com a demora da liberação da licitação pelos TCDF e TCU encarecem as obras. Sem contar, que é LEI, existe uma margem de manobra de 25% de aumento sobre quaisquer obra.

Sem contar, Brasília tem siderurgica? De onde vem o aço para construir o estádio, de Marte? O TCU nem leva em consideração a diferença de tributação entre o governo federal, estadual, municipal e distrital.
Reply With Quote
     
     
This discussion thread continues

Use the page links to the lower-right to go to the next page for additional posts
 
 
Reply

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Projetos - Arquitetura
Forum Jump


Thread Tools
Display Modes

Forum Jump


All times are GMT. The time now is 2:45 PM.

     

Powered by vBulletin® Version 3.8.7
Copyright ©2000 - 2019, vBulletin Solutions, Inc.